Faixa Atual

Título

Artista


Homem natural de Antônio Prado faz falsa acusação de espancamento por Policiais Militares

Escrito por em março 23, 2020

O Acusador está recolhido ao sistema penitenciário


Concluído nesta segunda-feira (23) Inquérito Policial que apurou denúncia de tortura por policiais militares de Ipê. A denúncia foi feita em audiência de custódia em 26 de setembro e 2019, três dias depois de sua prisão. O homem de 41 anos, natural de Antônio Prado, foi preso por tráfico de drogas e conduzido ao Plantão Centralizado Regional em Vacaria. Na audiência ele alegou ao Juiz e Promotor que foi agredido e torturado. Um inquérito policial foi aberto e investigações foram feitas, foram obtidos laudos e a conclusão foi de que o homem utilizou a prerrogativa (audiência de custódia) para acusar falsamente os policiais. dessa forma foi instalado um procedimento. O acusador está recolhido ao sistema penitenciário.
Concluído o inquérito o homem foi indiciado por crime de Denuncia Caluniosa, artigo 344 do Código Penal, cuja pena é de 02 a 08 anos de prisão e multa.

Foto Ilustrativa


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *