Faixa Atual

Título

Artista


“Há muito trabalho, mas é possível ser feito” alegou juiz de Flores da Cunha

Escrito por em abril 13, 2022

Após cerca de um mês na comarca do município, juiz Daniel da Silva Luz concedeu entrevista na Rádio Solaris FM 99.1

Há cerca de um mês atuando como novo juiz da comarca de Flores da Cunha, Daniel da Silva Luz, disse que “Há muito trabalho, mas que é possível ser feito”. Em entrevista exclusiva para a Rádio Solaris FM 99.1, o magistrado contou um pouco sobre sua trajetória na profissão e como está dando segmento nas ações que tramitam no Fórum.

Questionado sobre os quase 15 mil processos, Luz alegou que a comarca de Flores é uma das que mais recebem causas, por isso sempre terá um número elevado de ações. “O processo não pode ser nem tão rápido e nem tão devagar, ao ponto de prejudicar a defesa ou prejudicar também o direito em questão”, ressaltou o juiz.

Especialista em conciliação e arbitragem, Daniel orienta para que as pessoas procurem órgãos públicos como o Centro dos Funcionários do Tribunal de Justiça (Cejus) para que conversem e entrem em um acordo mútuo entre ambas as partes interessadas. “O pior acordo é melhor do que a melhor decisão (judicial)”, explicou Luz.

A expectativa do juiz é que em dois anos, a comarca do município se torne modelo na região e no Estado. Ou seja, que decisões para despacho ocorram no período entre 30 a 60 dias e sentenças em menos que 100 dias, segundo ele.

Daniel finalizou dizendo que fará de tudo para dar andamento o mais rápido possível nas causas, pois entende que quem tem um processo na justiça tem também preocupações. “A pessoa que tem um processo, sente um incômodo. Quando vai dormir, pensa naquilo. Aquilo incomoda. Então a gente entende que o tempo passa mais devagar para quem necessita de justiça”, finalizou.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *