Faixa Atual

Título

Artista


Há dez dias do fim da licitação, Flores da Cunha pode voltar a ter uma rodoviária

Escrito por em julho 12, 2021

Após seis anos sem um terminal rodoviário no município, o Daer abriu novo processo para os interessados em administrar o ponto

Desde 2015, Flores da Cunha não possui uma estação rodoviária. Aqueles que utilizam os serviços de transporte, não encontram uma estrutura adequada na cidade para embarque ou desembarque. Segundo dados do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), o município não é o único e compõe um grupo de cerca de 60% das cidades gaúchas que não oferecem o serviço rodoviário, segundo dados de 2019.

Depois de seis anos sem um espaço destinado para a parada dos ônibus, o Daer abriu mais uma licitação para a concessão da rodoviária de Flores da Cunha. Se houver interessados, a nova administração ficará responsável pelos serviços durante os próximos 25 anos.

A opinião da população florense é praticamente unânime: a cidade necessita de um espaço para que as pessoas possam aguardar a chegada do transporte público. Até mesmo quem não utiliza ônibus seguidamente sente a necessidade de um local adequado para que os veículos possam recolher os passageiros. 

O objetivo da licitação segundo o Daer, é oferecer melhores serviços ao cidadão e qualificar o sistema intermunicipal de passageiros que necessitam do transporte. A secretária de Planejamento e Trânsito de Flores da Cunha, Rosiane Pradella, ressalta que a cidade necessita de um local apropriado para que a população possa esperar seu transporte.

Rosiane afirmou que “a rodoviária não envolve apenas a questão dos ônibus, mas também pode unir-se ao comércio”, tendo como exemplos outras cidades que além da venda da passagem, utilizam o local para dispor produtos como alimentos e lojas de utilidades.

Segundo a secretária, aqueles que estiverem interessados em assumir a administração do local, terão total apoio da secretaria e da Prefeitura para realização do projeto. O prazo para inscrição na licitação termina no dia 22 de julho, às 14h.      


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *