Faixa Atual

Título

Artista


Foragido da justiça é recapturado em Flores da Cunha

Escrito por em dezembro 30, 2019

BM localizou o homem caído às margens da ERS-122 na noite deste domingo

A Brigada Militar de Flores da Cunha se deslocou para verificar a informação de vários motoristas, que na ERS 122, km 108, próximo a estrada de acesso a São Marcos no sentido Antônio Prado/Caxias do Sul haveria um homem caído às margens da pista antes da ponte do Rio das Antas, em Flores da Cunha na noite deste domingo, dia 29. A guarnição no local verificou se tratar de um idoso de 68 anos. Em consulta ao sistema informatizado foi constatado que o mesmo estaria na situação de foragido desde 30 de abril deste ano. Ele tem vários antecedentes criminais.

Recuperação de veículo

A BM de Flores da Cunha também atendeu ocorrência de recuperação de veículo em situação de furto por volta das 6h deste domingo, dia 29, na ERS-122. A informação é de que um Cobalt, placas de Porto Alegre, encontrava-se abandonado às margens da rodovia, próximo a entrada de Lagoa Bella. Foi constatado no sistema de que o mesmo foi furtado em 8 de dezembro de 2018.

Pertubação de tranquilidade

Na madrugada deste domingo, dia 29, a BM de Flores da Cunha se deslocou para averiguação de perturbação que estava sendo ocasionada por som automotivo em local incerto, visto que o som era audível em vários locais da cidade, na Estrada Geraldo Santin Guaresi (Acesso para Sete de Setembro). Durante averiguação, foi feito contato com um homem de 54 anos, que informou ser a terceira noite consecutiva que o fato ocorre, indicando a direção do som.

Foi constatado na entrada de um sitio ( próximo a Vinícola Nova Aliança) estacionados ao lado da via pública vários carros, sendo alguns com som automotivo em volume elevado. As partes que estavam no local apresentavam sinais de embriaguez e alegaram tratar-se de lugar ermo e não estariam perturbando. Foi solicitado para que parassem com o evento. Foi realizado a identificação dos veículos no local e confeccionado Boletim de Ocorrência Policial.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *