Faixa Atual

Título

Artista


Flores da Cunha realiza ações em prol do Setembro Amarelo

Escrito por em setembro 17, 2019

Campanha de conscientização e prevenção ao suicídio vai até o final do mês com diversas atividades

O Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização e prevenção ao suicídio que visa, por meio da informação, alertar a população sobre seus riscos, minimizar estigmas e prevenir novos casos de morte autoprovocada. Em Flores da Cunha as atividades estão sendo desenvolvidas nas Unidades Básicas de Saúde e no Centro de Atenção Psicossocial – CAPS I Florescer.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o suicídio caracteriza-se como grave problema de saúde pública, vitimando no mundo, uma pessoa a cada quarenta segundos, sendo que cerca de 800 mil pessoas tiram a própria vida a cada ano. No Brasil, os dados também assustam: há um suicídio por hora, sendo que no ano de 2016 nosso país registrou 11.433 mortes por suicídio. Faz-se importante destacar ainda, que para cada suicídio, há muitas outras pessoas que tentam tirar a própria vida.

Conforme a psicóloga Gislaine Toscan, coordenadora do Caps Florescer, possivelmente, os índices de suicídio são maiores do que os registrados, pois nem todas as mortes autoprovocadas são notificadas. “Há medo e vergonha de se falar sobre o assunto, o que torna o suicídio um mal silencioso, muitas vezes mascaradas”, afirma.

No entanto, a OAS afirma que a cada dez casos, nove podem ser evitados. Alguns sinais de alerta, frente a pessoas em sofrimento com risco para tal, podem ser citados: tristeza e depressão a maior parte do dia; desesperança, desamparo, desespero, entre outros. “É importante que as pessoas da família e amigos estejam abertos para ouvir, sem julgar. Ao desconfiar que o familiar possa estar apresentando risco de suicídio, é importante procurar imediatamente um profissional ou serviço de saúde”, frisa Gislaine.

Em Flores da Cunha os serviços podem ser procurados na Unidade Básica de Saúde – UBS, o Centro de Saúde Irmã Benedita Zorzi, o Serviço de Psicologia ou ainda, o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS I Florescer.

Atividades em Flores da Cunha

– “flash mob”: será abordado sobre a campanha do Setembro Amarelo e distribuídas sementes de girassol para os pacientes que aguardam atendimento no Centro de Saúde Central. As sementes representam a vida e a saúde mental, com o intuito de mostrar que assim como as plantas devem ser semeadas, regadas e cuidadas para então florescer, nossa saúde mental da mesma forma precisa desses cuidados, constantes.

– Entrega de flyer informativo sobre o setembro amarelo (com dados, sinais e orientações) nas Unidades Básicas de Saúde.

– Entrega de material sobre temática, com orientações e dicas de como identificar e manejar tais situações nas diferentes áreas como: para educadores das escolas municipais e estaduais do município; para policiais; para imprensa; e ainda para profissionais da estratégia da saúde da família e agentes comunitários de saúde.

– No CAPS, a temática está sendo abordada com os pacientes em atendimentos individuais e ainda, em grupos e oficinas terapêuticas.

Ouça entrevista com a psicóloga Gislaine Toscan

Foto: Divulgação

Atividades ocorrem nos postos de saúde da cidade e no Caps Florescer

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *