Faixa Atual

Título

Artista


Famurs promove reunião sobre os efeitos da estiagem nesta segunda

Escrito por em janeiro 10, 2022

Temas como zoneamento agrícola, dívidas da agricultura, liberação de recursos, linhas de créditos e detalhes do Avançar na Agricultura serão debatidos

O presidente da Famurs e prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, convoca os 497 prefeitos (as) do Rio Grande do Sul para a construção de um debate que visa buscar soluções rápidas para os municípios atingidos pela estiagem. A reunião será realizada no auditório da Famurs (Marcílio Dias, 574), a partir das 9h. A orientação da entidade é que os presidentes das Associações Regionais e as entidades participem de forma presencial e os prefeitos de forma virtual.

Temas como zoneamento agrícola, dívidas da agricultura, liberação de recursos, linhas de créditos, licenciamento ambiental e detalhes do Avançar na Agricultura serão debatidos. Participam da mobilização: Prefeitos(as), Secretaria da Agricultura do RS, Ministério da Agricultura, Senadores, Deputados Federais, Superintendência da Agricultura, Emater, Defesa Civil, AL/Comissão de Agricultura, Fetag, Federasul, Farsul, Fecoagro, Consema/Famurs (representante dos secretários de agricultura) e Associação de Produtores.

“Hoje a estiagem é a nossa maior preocupação. Estamos colocando toda a equipe técnica da Famurs à disposição dos municípios atingidos pela seca. Vamos também elaborar um documento relatando a preocupação dos municípios com este grave cenário provocado pela seca. Temos que agilizar o reconhecimento e homologação dos decretos e encaminhar recursos para atendimento para as famílias. Por isso aqui na Famurs temos que orientar os gestores de forma permanente. Temos a preocupação com a necessidade de cestas básicas, com os recursos para o transporte de água, o deslocamento dos caminhões pipa e os investimentos para a perfuração dos poços”, destaca o presidente da Famurs e prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto.

Conforme a área técnica de agricultura da Famurs, mais de 50 municípios relataram à Famurs, através de sua área técnica perdas agropecuárias no milho, como na evolução do desenvolvimento da soja, também no fumo, hortaliças, bem como redução na produtividade da bacia leiteira.

“O encontro busca estabelecer um cronograma de ações para o enfrentamento da estiagem e conheceram a sala de situação do órgão.  A medida tem o objetivo de mobilizar diversas ações que possam mitigar os efeitos da seca nas atividades econômicas e cadeias produtivas da agricultura gaúcha”, ressalta o Coordenador Geral da Famurs, Salmo Dias de Oliveira.

TEMAS:

  • Zoneamento Agrícola;
  • Dívidas da Agricultura;
  • Liberação de Recursos – Linhas de Créditos;
  • Licenciamento Ambiental
  • Avançar na Agricultura
  • Recursos para infraestrutura municipal ( poços artesianos, redes simplificadas de abastecimento de água e abertura de açudes/reservatórios de água para os animais) .
  • Assuntos gerais.
  • Fonte: Governo do RS
Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *