Faixa Atual

Título

Artista


Famurs entrega documento ao Governador com sugestões para amenizar a estiagem

Escrito por em janeiro 12, 2022

Governador-geral da Famurs entregou documento com a lista de pedidos da Famurs para amenizar a situação da estiagem no RS

Após a Famurs promover uma reunião para debater a mitigação e enfrentamento da estiagem que assola centenas de municípios gaúchos, o Coordenador Geral da entidade, Salmo Dias de Olivera esteve no Palácio Piratini, representando o presidente Eduardo Bonotto e entregou em mãos para o governador Eduardo Leite a lista de reivindicações da entidade.

Durante o encontro com o governador Leite, o coordenador-geral da Famurs, Salmo Dias de Oliveira, construiu diversos resultados para os municípios gaúchos. “Tive a palavra do governador para garantirmos a anistia do programa Troca-Troca, a possibilidade de convênio direto com os municípios para ações emergências, o compromisso do estado referente aos assuntos de reserva de água em área de APP, o apoio permanente de políticas públicas de estado ao setor agrícola, o  anúncio de cestas básicas por 6 (seis) meses aos municípios com situação de emergência reconhecida pelo governo federal e a garantia de estudo do estado sobre a não incidência de ICMS para importação de milho para pessoa física”, destacou Salmo Dias de Oliveira.

O encontro ocorreu na Casa Civil, no Palácio Piratini, e contou com a presença de deputados estaduais e os secretários Artur Lemos Júnior (Casa Civil), Silvana Covatti (Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural), Claudio Gastal (Governança, Planejamento e Gestão), José Stédile (Obras e Habitação) e coronel Júlio César Rocha (Casa Militar).

“Estamos nos mobilizando, entre várias Secretarias, e esse Fórum permanente será um espaço importante para que possamos estar atualizados. Sabemos dos efeitos da estiagem e que eles afetam vários setores a longo prazo. Vamos precisar nos encontrar para controlar as situações que estão acontecendo”, destacou o governador.

O governador Leite vem ampliando ações para mitigar os efeitos da estiagem, como a ampliação do programa Sementes Forrageiras e do subsídio para o programa Troca-Troca de Sementes de Milho da safra 2021/2022 aos produtores de municípios que decretaram situação de emergência, além da priorização da liberação dos recursos para projetos ligados à irrigação no programa Avançar na Agropecuária e no Desenvolvimento Rural, cujo aporte total será de R$ 275,9 milhões.

Até esta segunda-feira (10), 175 municípios estão em situação de emergência. Destes, 52 com decretos homologados e 23 com situação reconhecida pela União.

Fonte: Governo do Estado

Marcado como

Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *