Faixa Atual

Título

Artista


Ex-presidente da SER Caxias deixa hospital após transfusão de plasma convalescente

Escrito por em julho 29, 2020

Empresário Nelson D’Arrigo recebeu alta do Hospital Virvi Ramos nesta terça-feira

O empresário Nelson D’Arrigo, 62 anos, recebeu alta hospitalar no início da tarde desta terça-feira (28), oito dias após receber a transfusão de plasma convalescente no Hospital Virvi Ramos, em Caxias do Sul. Dia 23, saiu da UTI para o quarto. O procedimento visa combater a doença da Covid-19.

D’Arrigo foi o sétimo de 18 pacientes que receberam a transfusão de plasma a ter alta hospitalar. Ele diz que só tem a agradecer a todos da equipe do Hospital Virvi Ramos: “O meu sentimento é de gratidão a todos que me acolheram e cuidaram muito bem de mim esses dias no hospital. Poderia esquecer alguém, então, na pessoa da doutora Eveline, que me atendeu, gostaria de agradecer a todos. A partir de agora, recuperado, serei um incentivador do plasma. Tudo aquilo que é positivo, que funciona, tem que ser divulgado para superarmos essa pandemia”, disse o ex-presidente campeão gaúcho de 2000 com a Sociedade Esportiva Recreativa Caxias.

Emocionado, D’Arrigo não parava de agradecer a todos da equipe que lhe aplaudiam pelos corredores na hora da saída

.

Outro caso

Na tentativa de recuperar pacientes em estado grave da Covid-19, em parceria com o Hemocentro Regional de Caxias do Sul (Hemocs), a equipe médica do Hospital Virvi Ramos realizou na tarde desta terça-feira, a 19ª transfusão de plasma convalescente. O paciente é um homem de 70 anos, natural de Vacaria. Ele internou no dia 23 de julho no Hospital de Campanha que funciona dentro do Virvi Ramos, e foi transferido para a UTI nesta terça-feira, após piora clínica, quando recebeu o plasma. Ele é ex-tabagista e tem histórico de doença pulmonar crônica e hipertensão arterial e respira com auxílio de ventilação mecânica.

O idoso recebeu duas bolsas de plasma de 200ml e 205ml. O procedimento foi concluído sem intercorrências. O doador é um homem de 26 anos, natural de Caxias do Sul, que doou no dia 23 de julho e estava há 45 dias sem sintomas.

Desde a primeira transfusão, ocorrida em 26 de maio, todos os pacientes diagnosticados com a Covid-19 que necessitaram de Terapia Intensiva no Hospital Virvi Ramos receberam plasma, sempre com consentimento de familiares. Sete já tiveram alta e estão em casa, seis faleceram e outros seis seguem recuperação internados, sendo três no setor clínico e três em Terapia Intensiva.

Candidatas

Até o momento, o Hemocs já recebeu mais de 80 candidatos, de cidades como Porto Alegre, São José do Herval, Caxias do Sul e Garibaldi. Alguns foram excluídos por não serem considerados aptos para o procedimento. Também foram avaliados residentes de Bento Gonçalves, Canela, Rio dos índios, Paraí, Carlos Barbosa, São Sebastião do Caí, Boa Vista do Sul, Vacaria, Farroupilha, Imbé, Passo Fundo, Lajeado, Nova Prata, Veranópolis, Bom Jesus, Bom Princípio e Pelotas.

A seleção dos doadores de plasma é feita pelo Hemocentro de Caxias do Sul (Hemocs) e passa por avaliação rigorosa. Neste momento, as pessoas que podem doar são homens, de no mínimo 18 e no máximo 60 anos, que foram infectados pelo coronavírus, tiveram Covid-19 confirmada por meio do teste PCR, estão há mais de 28 dias recuperados, sem sintomas da doença e não apresentam outras doenças infecciosas.

O Hemocs faz triagem e coleta dos interessados e as destina aos hospitais que tiverem protocolo de estudo para uso. Em Caxias do Sul, apenas o Virvi Ramos está habilitado até o momento.

As doações precisam ser agendadas pelos telefones (54) 3290-4543 e (54) 3290-4580 ou por meio do whatsapp (54) 984188487. O Hemocs atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30min às 17h30min e aos sábados das 8h até 12h, na rua Ernesto Alves, 2260, ao lado da UPA Central.

Fonte e foto: Ass.Imprensa Prefeit


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *