Faixa Atual

Título

Artista


Ex-capitão da seleção uruguaia investe em empreendimento de Flores da Cunha

Escrito por em março 31, 2022

Diego Lugano visitou a cidade para conhecer local que abrigará o complexo Nova Aliança, com lojas, hotel e museu do vinho

O ex-jogador de futebol uruguaio Diego Lugano, de 41 anos, esteve na Serra gaúcha neste mês de março para visitar a cidade de Flores da Cunha e conhecer o projeto de um empreendimento que será construído na cidade. Lugano, que foi zagueiro e capitão na seleção do Uruguai e atuou também no São Paulo, é investidor do Complexo Nova Aliança.

As obras estão previstas para começarem no segundo semestre deste ano e têm prazo de conclusão até o final de 2025. O empreendimento onde o ex-jogador está investindo, contará com lojas comerciais, operações de saúde, hotel e o primeiro museu do vinho do Brasil. Ao todo, serão mais de R$ 40 milhões investidos no projeto, que deve gerar 100 empregos diretos e cerca de 400 indiretos.

Lugano é um investidor e já apostou em diversas opções da rede hoteleira no mundo. Já possuí operações no Uruguai e também nos Estados Unidos. Pela carreira construída no Brasil, o ex-jogador decidiu investir no país e encontrou na Serra um espaço com perspectiva de crescimento no setor de turismo. “Eu adoro a região e acho ela única no continente”, resumiu o atleta.

Durante a visita, Lugano esteve no prédio da Cooperativa Nova Aliança, localizado na Avenida 25 de Julho, no centro de Flores da Cunha, onde deve ser construída a estrutura do complexo. O ex-jogador também foi recepcionado pelo prefeito César Ulian e conversou com empresários do município.

Parte importante do complexo, o Axten Hotel Flores da Cunha terá 96 apartamentos. O projeto contempla restaurante, espaço fitness, piscina, centro de eventos e local para recreação infantil. Também será construído um Memorial do Vinho, que deve resgatar os traços da cultura dos imigrantes italianos e promover uma visão contemporânea do enoturismo local.

Diego também afirmou que sua ideia era fugiu do eixo Gramado-Canela, que é a região com o maior número de investimentos hoteleiros da região e ampliar as possibilidades para outras cidades próximas. “Queremos aproveitar o crescimento que o setor da uva e do vinho está tendo nesta área”, completou Lugano.

A rede Axten tem duas operações no Rio Grande do Sul: uma em Caxias do Sul e outra em Antônio Prado. O hotel em Antônio Prado foi inaugurado no final de 2021 e o de Caxias foi reaberto ainda em 2020 após ter sido fechado pela Rede de Hotéis Dall’Onder e devolvido para a construtora.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *