Faixa Atual

Título

Artista


Estudo diz que tomar chimarrão pode ser tão perigoso quanto fumar 100 cigarros

Escrito por em março 2, 2022

Os voluntários da pesquisa apresentaram maior tendência a desenvolver câncer no esôfago

Nos últimos dias se espalhou pelas redes sociais a notícia sobre um estudo norte-americano que sugere que tomar chimarrão pode ser tão prejudicial quanto fumar 100 cigarros. Para o povo gaúcho, em grande parte acostumado a tomar a bebida a base de erva-mate todos os dias, esse tipo de informação pode causar preocupação. Entretanto, segundo um dos pesquisadores envolvidos, a informação divulgada pelo jornal New York Post é sensacionalista e ainda incerta.

Renato Fagundes é professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e participou da pesquisa realizada ainda em 2004 e divulgada em 2008, nos Estados Unidos. Em entrevista a uma emissora de televisão gaúcha, ele esclareceu que, apesar do chimarrão estar sim ligado a uma incidência maior de câncer, especialmente no esôfago, a população utilizada como referência para a pesquisa, além do mate, consumia níveis de bebidas alcóolicas e cigarros acima da média da população mundial.

O professor explicou que a pesquisa demonstrou a presença de grande quantidade de benzopireno, substância também presente no tabaco. Os níveis dessa substância encontrados na erva-mate seriam equivalentes aos que contém um pacote de cigarros. Ainda assim, Fagundes afirmou que é preciso uma soma grande de fatores para se compreender o que leva ao desenvolvimento da doença. Os estudos seguem sendo realizados, na América do Norte, onde parte da população tem o costume de consumir o chá mate na xícara, principalmente no café da manhã.

Segundo o professor, a soma de: tomar bebidas alcóolicas em excesso, fumar muito e tomar muito chimarrão, deve ser levada em consideração para entender o porquê da população gaúcha ter uma maior tendência para desenvolver alguns tipos de câncer.

A reportagem do jornal norte-americano cita que, no processo de preparo da erva-mate que é comercializada no supermercado, o produto passa pelo processo de secagem, que inclui fogo e uma fumaça, que liberaria a substância ruim para o organismo humano.

Além disso, na matéria é citada a revista Cancer Epidemiology Biomarker and Prevention, que relaciona o consumo do chá com câncer no pulmão e outros tumores no sistema digestivo, tais como no esôfago, estômago, pâncreas, fígado e intestino.

Apesar das polêmicas e controvérsias geradas sobre o assunto, especialistas costumam ser unânimes na recomendação de evitar tomar bebidas muito quentes (próximo da fervura) e evitar consumir chá em excesso.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *