Faixa Atual

Título

Artista


“Estamos testando cinco tipos de moléculas, na fase inicial”, diz professor sobre estudo da UCS para remédio que visa anular a Covid-19

Escrito por em janeiro 13, 2021

Sidnei Moura e Silva concedeu entrevista à Rádio Solaris 97.3 nesta quarta-feira (13)

Na manhã desta quarta-feira (13), durante o programa Na Medida, o professor Sidnei Moura e Silva, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade de Caxias do Sul (UCS), concedeu entrevista para falar sobre o processo de criação de um remédio que vai usar biotecnologia para anular a ação da Covid-19 sobre os infectados pelo vírus.

Conforme Sidnei, o projeto faz parte de um macroprojeto que foi selecionado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), vinculada ao Ministério da Educação, no edital de combate às epidemias. Atualmente são cerca de 14 projetos ocorrendo de forma simultânea.

Até o momento, cinco tipos de moléculas estão sendo utilizadas e o projeto está na fase inicial, iniciado em agosto de 2020 e com previsão de desenvolvimento em 36 meses. Após a fase inicial, haverá avaliação da atividade e toxidade do medicamento. São cerca de 25 pessoas envolvidas neste projeto, entre estudantes e pesquisadores.

A UCS vem atuando fortemente em pesquisas relacionadas ao combate do coronavírus desde o início da pandemia. Um dos campos de análise é a combinação entre a biotecnologia e a medicina veterinária para que se possa descobrir uma possível contaminação dos animais domésticos pela COVID-19.

Em outra pesquisa, os cientistas querem desenvolver soluções inovadoras e mais baratas que permitam realizar o diagnóstico da doença com mais rapidez e mais eficácia.

Já uma outra linha investiga a possibilidade de se criar uma espécie de ‘sensor orgânico’ que possa identificar automaticamente os indivíduos contaminados.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *