Faixa Atual

Título

Artista


Estado é destaque em ranking de transparência de dados sobre a Covid-19

Escrito por em junho 7, 2020

Painel Coronavírus RS traz novos dados, amplia outros e possibilita download de planilhas para facilitar comparações

O Rio Grande do Sul está em terceiro lugar no ranking de transparência sobre dados epidemiológicos da Covid-19 da Open Knowledge Brasil, publicado na quinta-feira (4/6). Ao lado do Distrito Federal, o Estado está com 95 pontos no ranking, de um total de 100.

A notícia vai ao encontro do anúncio do governador Eduardo Leite, também nesta quinta, a respeito de ajustes feitos no Painel Coronavírus RS, disponível em http://ti.saude.rs.gov.br/covid19. A atualização traz novos dados, ampliação de outros já existentes, e a possibilidade de fazer o download das planilhas para o cruzamento de informações.

“Estamos focados no propósito de informar com clareza e transparência tudo o que diz respeito à pandemia, desde o número de casos até o valor investido em cada EPI (equipamento de proteção individual). Acreditamos que tempo de enfrentamento ao coronavírus também é tempo de enfrentamento à corrupção”, pontuou o governador.

O número de casos confirmados e recuperados, óbitos, hospitalizações, taxa de ocupação de leitos, incidência sobre a população e números por município e em ordem cronológica, por exemplo, estão detalhados e disponíveis para download.

O trabalho de ampliação de dados foi realizado em conjunto pela Secretaria de Governança e Gestão Estratégica – com colaboração do Escritório de Desenvolvimento de Projetos e do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do RS S.A., vinculadas da pasta – e pela Secretaria da Saúde.

Em primeiro lugar, com 100 pontos, estão os Estados de Ceará, Goiás, Minas Gerais e Rondônia. Em segundo lugar, com 98 pontos, aparecem Alagoas, Espírito Santo, Pernambuco e Rio Grande do Norte. O Rio Grande do Sul e o Distrito Federal estão logo atrás, com 95 pontos, em nível de transparência considerado alto pela organização.

Fonte: Governo do RS.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *