Faixa Atual

Título

Artista


Estado destina cerca de R$ 550 mil para obras escolares na Serra

Escrito por em junho 10, 2022

Ações emergenciais contemplam instituições de Caxias do Sul e Nova Petrópolis

O governo do Estado autorizou o início de obras em duas escolas nos municípios de Caxias do Sul e Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha, que representam recursos de R$ 555.438,59 em melhorias emergenciais.

“São ações conjuntas entre a Secretaria de Obras e Habitação e a Secretaria de Educação, beneficiando 400 estudantes. O prazo para a conclusão de todas as obras em questão não supera três meses”, afirmou o secretário de Obras e Habitação, Volnei Minozzo, que assinou as ordens de início dos serviços na quarta-feira (8/6), acompanhado da secretaria da Educação, Raquel Teixeira.

A Escola Estadual de Ensino Fundamental São José, localizada no bairro Pinhal Alto, interior de Nova Petrópolis, receberá R$ 347.452,47 para a recuperação parcial da cobertura metálica do ginásio poliesportivo. Também haverá a substituição das telhas e das calhas metálicas, além do lixamento e pintura da estrutura metálica, bem como a recuperação de trecho do muro de contenção próximo ao ginásio. A empresa responsável será a Lotto – Engenharia e Construções Ltda.

“Aguardávamos pelas obras há quase cinco anos. Nossa escola é localizada em um morro e, por isso, conta com três pavimentos. As obras são fundamentais”, disse a diretora da escola que tem 156 estudantes do 1° ao 9° ano do Ensino Fundamental, Cintia Weber.

Caxias do Sul

A Escola Estadual de Ensino Fundamental Abramo Randon, em Caxias do Sul, receberá reparos na parte elétrica, permitindo que os alunos voltem às aulas presenciais. Em janeiro deste ano, a escola teve os cabos de energia furtados, o que danificou toda a instalação elétrica do prédio. O investimento do governo do Estado será de R$ 59.513,72. A empresa responsável será a Cezar Luiz Rosa.

Além da parte elétrica, as obras na escola integram a reforma da estrutura de concreto armado e para a instalação do gradil pré-moldado de concreto, em um investimento de R$ 148.472,40. A empresa responsável será a Analuza Construções Ltda.

“Temos inúmeras dificuldades com os alunos em aula remota. Nossa comunidade é carente, nem todos possuem acesso à internet, e os que possuem, utilizam o telefone dos pais que chegam em casa somente à noite. São melhorias que trarão segurança para os alunos, alunas e comunidade escolar”, disse Márcia Hahn Rosa, diretora da escola, que tem 230 alunos.

Prazos e fiscalização

A fiscalização das obras em Nova Petrópolis e em Caxias do Sul serão da 4ª Coordenadoria Regional de Obras Públicas, com sede em Caxias do Sul.
As empresas responsáveis pelas intervenções têm até cinco dias úteis para iniciar os trabalhos. Por serem obras emergenciais, a conclusão dos serviços deverá se dar, no máximo, 90 dias.

Fonte: Estado


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *