Faixa Atual

Título

Artista


Ensino Médio terá 4º ano a partir de janeiro de 2022

Escrito por em julho 27, 2021

Ano letivo será opcional e não impedirá que alunos ingressem no Ensino Superior e no mercado de trabalho

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul (Seduc) irá criar um 4º ano opcional para os alunos do 3º ano do ensino médio que não se sentirem preparados para encerrar a trajetória escolar no contexto pandêmico. A informação foi confirmada por Raquel Teixeira, a frente da Secretaria. As aulas devem ser iniciadas em janeiro de 2022, contemplam os alunos da rede estadual e serão opcionais.

O 4° ano não será obrigatório, portanto, os estudantes que optarem por finalizarem o ensino ao fim do 3° ano poderão prestar vestibulares e entrar no mercado de trabalho normalmente. No entanto, Ana Paula, diretora da Escola São Rafael de Flores da Cunha, adverte que os impactos causados pelo ensino remoto (em vigor por mais de um ano no Estado) são perceptíveis e poderão causar prejuízos para o futuro.

O currículo do 4º ano ainda está sendo elaborado, mas será diferente do oferecido nos outros anos letivos. Segundo Raquel, haverá um foco especial em algumas disciplinas, como Inglês, Português e Matemática, e outras adicionais, como Projeto de Vida e Projeto de Vida para o Mundo de Trabalho, que visam preparar o estudante para buscar uma carreira.

O Avaliar É Tri, avaliação usada para analisar as perdas de aprendizagem entre os alunos da rede estadual durante a pandemia, teve baixa adesão, o que é motivo de grande preocupação, segundo a secretaria. O exame foi realizado em maio e cerca de 70% dos alunos realizaram a prova, que podia ser feita de forma digital ou impressa, em casa ou na escola.

Os três anos do Ensino Médio tiveram participação mais baixa na prova do que todos os anos do Ensino Fundamental. O segundo ano do Ensino Médio teve o menor comparecimento: 54,1% dos estudantes dessa série responderam as questões de Língua Portuguesa e 49,9% preencheram as de Matemática.

O Governo do Estado espera que o quarto ano supra lacunas de aprendizagem que, conforme a secretária, provavelmente serão deixadas durante o ano letivo de 2021, assim como ocorreu em 2020.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *