Faixa Atual

Título

Artista


Em um ano, PISEG soma quase R$ 10 milhões para investimentos na Segurança Pública

Escrito por em outubro 8, 2020

No total, 190 empresas já fizeram 322 aportes direcionados a 60 cidades, das quais 13 já poderão comprar 24 viaturas

Um ano após sua implantação, o Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública (PISEG) alcança marca que simboliza como a união entre poder público e iniciativa privada pode revolucionar o investimento nas instituições dedicadas à proteção dos gaúchos. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) soma quase R$ 10 milhões em arrecadação por meio de 322 compensações de ICMS de 190 empresas que já aderiram ao PISEG até o final de setembro. Com parte desse valor, já está encaminhada a compra de 24 viaturas e armamentos em 13 municípios. 

O PISEG possibilita a empresários destinar até 5% do saldo devido de ICMS ao Estado para serem aplicados na aquisição de equipamentos à Segurança. Lançando em 2019, originalmente com cinco projetos de âmbito estadual, o PISEG se diversificou e agora conta com 13 linhas de aplicação, a maioria voltada ao fortalecimento de unidades em determinadas regiões do Estado.

O avanço é resultado do diálogo entre o comitê-executivo do Programa e empresários de diversas partes do Rio Grande do Sul. Essa troca de ideias permitiu construir projetos regionais, que asseguram a reversão dos valores repassados em benefício das comunidades às quais as empresas estão ligadas. No total, já houve repasses direcionados para 60 cidades gaúchas.

As 322 compensações somam R$ 9,7 milhões, sendo R$ 8,8 milhões de caixa para aquisições. Os R$ 889 mil restantes compõem a contribuição de 10% sobre o valor destinado ao PISEG, recolhida ao Fundo Pró-Segurança Pública para fomentar ações de prevenção com crianças e jovens.

Dos R$ 8,8 milhões do caixa, R$ 1,5 milhão está distribuído em 47 cidades que ainda não alcançaram o mínimo para compra de veículos ou onde há intenção de adquirir outro tipo de bem. Os outros R$ 7,3 milhões são de repasses para 13 cidades nas quais a soma de arrecadações já cobre o valor de ao menos uma viatura, conforme previsto nos projetos, e ainda resta saldo para aguardar complementação a futuras com aquisições.

Dessa forma, já estão encaminhadas as compras de 24 veículos e armamentos, parte já entregue, num total de R$ 5,7 milhões em investimento. 

Fonte: Governo do RS


Opnião dos Leitores
  1. Paulo Roberto Andrighetti   Em   outubro 8, 2020 em 3:01 pm

    Normalmente os órgãos se segurança pública dizem que não podem atender ocorrências por falta de efetivo. Logo não adianta equipamento se não tem quem use.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *