Faixa Atual

Título

Artista


Em novo decreto, governo mantém suspensão de aulas em escolas e universidades em todo RS

Escrito por em maio 11, 2020

Medida vale para todas as instituições, públicas ou privadas, municipais, estaduais ou federais, no território gaúcho

O Decreto nº 55.241, publicado neste domingo (10/5), determina a aplicação de medidas sanitárias segmentadas de que trata o modelo de distanciamento controlado – que passou a valer à 0h desta segunda-feira (11/5). Entre as medidas deste novo decreto, o governo mantém suspensas as aulas em todo o Estado até que sejam concluídas e publicadas as regras específicas para educação.

A determinação vale para “aulas, cursos e treinamentos presenciais em todas as escolas, faculdades, universidades, públicas ou privadas, municipais, estaduais ou federais, e demais instituições de ensino, de todos os níveis e graus, bem como em estabelecimentos educativos, de apoio pedagógico ou de cuidados a crianças, incluídas as creches e pré-escolas”. A única exceção, conforme o decreto, é quanto aos Centros de Formação de Condutores (CFC), que terão regramento próprio.

De acordo com o governador Eduardo Leite, as questões que envolvem educação são complexas e ainda estão sendo analisadas pela equipe de governo com entidades ligadas ao setor. A expectativa é de que haja uma definição nos próximos dias.

“Vivemos uma situação absolutamente extraordinária. Todo o nosso trabalho é para que não haja a perda do ano letivo”, destacou Leite, confirmando que não há previsão de retomada das aulas na rede pública durante o mês de maio, conforme foi anunciado no final de abril, mas que existe possibilidade para a rede privada e está sob análise.

A educação é um dos 12 setores econômicos definidos pelo distanciamento controlado e, portanto, deverá ter protocolos específicos para cada um dos quatro níveis de restrições, representados por bandeiras nas cores amarela, laranja, vermelha e preta, que variam conforme a propagação da doença e a capacidade do sistema de saúde em cada uma das 20 regiões pré-determinadas.

Confira o decreto completo no link – https://www.diariooficial.rs.gov.br/materia?id=419048

Fonte: Grupo Solaris com informações do Governo RS.


Opnião dos Leitores
  1. Andréia Rodrigues Bueno da Silva   Em   maio 13, 2020 em 9:11 am

    Está correto, meus filhos não iram a escola. Tenho uma autista, sofro com ela em casa, mais em casa estão protegidos.

  2. Mara Denise castilhos   Em   maio 13, 2020 em 11:29 am

    Sou professora e tenho filho na escola que garantia vcs darão para nos países que nossos filhos estão protegidos nas escolas não tem como ficar observano uma turma de 15 ou mais alunos e na hora do recreio educação física vai ter uma pessoa para cuidar de cada aluno eu sou mais uma das maes que não vai mandar meu filho pra escola eu em casa cuido melhor dele.

  3. claudemir sarretto   Em   maio 13, 2020 em 9:55 pm

    Não é aconselhavel ter aula neste ano. Os perigos de contágio são iminentes. Como será controlado uma suposta infecção de um professor? e este passa o virus para os alunos?

  4. angela.tec.enfermeira@gmail.com   Em   maio 14, 2020 em 12:25 am

    Não tem como as crianças voltar às aulas desse jeito o vírus não avisou q já foi embora minha filha tem bronquite asmatico e nem por decreto não vai esse ano.pode dar por perdido d que ela ficar doente.

  5. Marilei   Em   maio 14, 2020 em 12:59 pm

    Boa tarde!! Ja entendi do distaciamento social… vamos respeitar !!! Entendo que é necessário. Agora quero resposta como vou pagar minhas contas basicas e alimentação? O senhor consegue viver com 600,00? Então retire do seu salario 600,00 para o senhor viver!! E divide o resto do seu lalario em 600,00 e doe a familias que precisam !!! Faça pela saude mas não esqueça do economico !!!

  6. Raquel   Em   maio 14, 2020 em 11:02 pm

    Este ano começou com vírus então já estamos praticamente em junho e quase nada foi feito.Eu anularia este ano do calendário escolar porque tenho uma menina de 5 anos e com certeza ela não vai saber usar máscara e nem ficar longe do colega quem garante que não vão se passa o vírus na sala de aula?

  7. Angelo marcelo r silva   Em   maio 15, 2020 em 7:49 am

    O ano letivo é o que menps importa neste momento quero minha filha do meu lado só tem que aver um bom senso das escolas particulares que estão cobrando mensalidade abisurdas neste momento

  8. Edinéia   Em   maio 16, 2020 em 11:02 pm

    Meu filho esse ano pelo menos, não retornará a estudar!!! Que perca o ano letivo, mas que não corra risco de vida!!! A escola em que ele estuda, não tem estrutura e se os adultos já não seguem os protocolos, imagina as crianças e ainda pior…no inverno!!!! Então mesmo sendo liberado o retorno as aulas, meu filho não irá 😉. Ainda mais que ele pertence ao grupo de risco… doença crônica

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *