Faixa Atual

Título

Artista


Em Brasília, Eduardo Leite acompanha estágio de modelagens de projetos no BNDES

Escrito por em novembro 3, 2020

Leite discute com o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, projetos de desestatização relacionados ao Rio Grande do Sul

O governador Eduardo Leite se reuniu com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, nesta terça-feira (3/11), em Brasília, para avaliar a evolução dos cronogramas das modelagens dos projetos de desestatização já estabelecidas, além de discutir novas possibilidades. Foi o primeiro compromisso oficial de uma série de agendas que o governador cumprirá no Distrito Federal.

“O Rio Grande do Sul é um dos Estados que têm um dos maiores portfólios de projetos de PPPs [parcerias público-privadas] e privatizações, e fazemos essas reuniões periódicas para acompanhar o estágio de cada uma delas. Entre elas, está a CEEE-D [Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica], cujo edital está previsto para ser publicado ainda em dezembro”, destacou o governador.

Em maio do ano passado, o governo do Estado e o BNDES assinaram um acordo de cooperação técnica que determinou que o banco seria responsável por efetuar a coordenação do projeto de desestatização da CEEE, da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás) e da Companhia Riograndense de Mineração (CRM) durante todas as fases, que compreendem estudos e modelagem econômico-financeira, consulta e audiência pública, realização do leilão e assinatura do contrato entre o setor público e o parceiro privado.

Há, ainda, projetos que abrangem concessões rodoviárias e parcerias público-privadas envolvendo a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), além de outras possibilidades de participação privada que poderão ser incluídos na parceria entre o BNDES e o Estado.

O primeiro contrato de estruturação para a modelagem de uma das empresas foi assinado em agosto de 2019, envolvendo a privatização da Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica e da Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT).

Os secretários Artur Lemos Júnior (Infraestrutura e Meio Ambiente), Marco Aurelio Cardoso (Fazenda), Ana Amélia Lemos (Relações Federativas e Internacionais), o procurador-geral do Estado, Eduardo Cunha da Costa, e os presidentes da Corsan, Roberto Barbutti, e da CEEE, Marco Soligo, também participaram do encontro.

Fonte: Governo do RS


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *