Faixa Atual

Título

Artista


Em apenas um dia, mais de 1,2 mil estudantes de Caxias acompanham disputas da Surdolimpíada

Escrito por em maio 6, 2022

Alunos e professores de mais de uma dezena de escolas torceram e interagiram com atletas

Estudantes de mais de dez escolas da rede municipal de ensino já tiveram o gostinho de acompanhar ao vivo e no local pelo menos quatro disputas diferentes da 24a edição das Surdolimpíadas, realizada de maneira inédita em Caxias do Sul. Em apenas um dia, na quarta-feira (4), cerca de 1,2 mil alunos e alunas de terceiro até sétimo ano do ensino fundamental torceram e interagiram com atletas em diferentes pontos da cidade.

A movimentação organizada e conduzida por equipes diretivas, professores, servidores e estagiários das instituições se desdobrou em dois turnos e duas áreas de competição. Pela manhã, na Fundação Marcopolo, a atração foi a partida de vôlei masculino entre Brasil e França para as turmas das escolas Abramo Pezzi, Manoel Pereira dos Santos e Nova Esperança. À tarde, no mesmo ginásio, a garotada das escolas Angelina Sassi Comandulli, Tancredo Neves e Senador Teotônio Vilela assistiu Brasil e México pelo vôlei feminino.

Também quarta-feira à tarde, mas no Ginásio Poliesportivo da Universidade de Caxias do Sul (UCS), a partida entre Brasil e Turquia no handebol feminino fez a festa de crianças e jovens das escolas Alberto Pasqualini, Desvio Rizzo, Giuseppe Garibaldi, Professora Ester Justina Troian Benvenutti e aquela que virou o jogo e se tornou um espetáculo à parte para as próprias atletas da equipe brasileira devido à identificação imediata com o animadíssimo grupo de estudantes surdos, a escola especial Helen Keller.

Já na quinta-feira pela manhã (05.05), mais 200 estudantes da escola Engenheiro Dario Granja Sant’Anna se somaram ao público do confronto entre Brasil e Itália, pelo vôlei masculino, no ginásio da Fundação Marcopolo.

“Cada escola tem sua autonomia para organizar as atividades pedagógicas da forma que considerar mais adequada. E o engajamento na Surdolimpíadas se insere neste contexto como uma oportunidade de múltiplos aprendizados sem precedentes para os estudantes. E por esta razão, conta com todo nosso estímulo e apoio para acontecer”, afirma a secretaria municipal de Educação, Sandra Negrini.

Fotos: SMED / Divulgação


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *