Faixa Atual

Título

Artista


Eduardo Leite anuncia que vai renunciar ao cargo de governador do Rio Grande do Sul

Escrito por em março 28, 2022

O vice-governador Ranolfo Vieira Júnior deve assumir até o final da semana

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) confirmou, na tarde desta segunda-feira (28) que irá renunciar ao cargo nos próximos dias. Com a renúncia quem assume é o atual vice, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB). A renúncia deve ser formalizada até o final de semana.

Durante a coletiva de imprensa para fazer o anúncio, Eduardo Leite falou sobre algumas conquistas do seu governo; disse estar deixando as contas públicas em dia, frisou sobre a responsabilidade fiscal que foi uma das prioridades do seu Governo, citou investimentos realizados, sobretudo em infraestrutura, e sobre ter realizado o que havia se proposto.

Sobre Ranolfo, Eduardo Leite disse que o novo governador “conhece o governo e o Estado, está por dentro do processo e participou de cada etapa do governo”. Durante pouco mais de três anos da chapa, Ranolfo foi secretário da Segurança Pública, além de ocupar o cargo de vice. “Eu tenho confiança no Ranolfo, não só para os próximos 9 meses, como também para as próximas eleições”, declarou Leite.

Com seu nome a disposição para concorrer à Presidência da República, Eduardo Leite declarou que recusou o convite para concorrer pelo PSD, e que fica no PSDB. Apesar de ter perdido as prévias para as eleições pelo PSDB, há quatro meses atrás, Leite disse que atuará fortemente junto ao partido para fortalecer a chapa, que ainda será definida, e viabilizar uma nova alternativa ao Brasil, em lugar da polarização entre Bolsonaro e Lula.

Sobre o candidato ideal para a disputa do Planalto pelo partido, Eduardo Leite confirmou a legitimidade das eleições internas do partido, porém disse: “há um número significativo de pessoas dentro do PSDB que entende que este candidato sou eu”. Ele também deixou claro que, se João Dória (PSDB) for oficializado como candidato do partido nos próximos meses, ele o apoiará.

“Telefonei para ele (Dória) agora a pouco e tivermos uma conversa amistosa; reafirmamos que estamos com o mesmo sentimento, não é sobre projeto pessoal, é sobre o Brasil”. Segundo Leite, João Dória está aberto a negociações.

Eduardo Leite diz que Dória possui uma visão semelhante a sua quanto a preparar uma chapa presidenciável forte: “Não contem comigo sobre dispersar energias, e dispersar candidaturas. Não é projeto pessoal, não são aspirações individuais, tenho a certeza que nós construiremos juntos um caminho para viabilizar um futuro que possa ser bom para o país”.

Quando questionado se ainda há a possibilidade de seu nome ser uma opção para concorrer a reeleição no Rio Grande do Sul, em outubro, ou mesmo uma disputa a um cargo no Senado, Leite deixou as possibilidade abertas: “a renúncia me abre muitas alternativas, mas não me tira nenhuma”.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *