Faixa Atual

Título

Artista


Economia de Caxias do Sul acumula queda de 2,5% no primeiro semestre de 2021

Escrito por em agosto 10, 2021

O avanço da vacinação é apontado por entidades como o principal motivo para a alta em junho, com 584 novos empregos gerados

A economia caxiense acumulou uma queda de -2,5% no primeiro semestre de 2021 e recuou -5,9% no acumulado dos últimos 12 meses. Os indicadores do mês de junho, no entanto, foram positivos, com alta de 5,4% sobre o desempenho do mês de maio. Os números do semestre foram divulgados nesta terça-feira (10) pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC) e Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL).

O setor de serviços puxou o avanço de junho sobre maio, com 10,7% de crescimento, após cinco meses consecutivos de queda. Em seguida vêm o comércio, com 4,9% de alta, e a indústria, com 2,7% de aumento.

O tom otimista marcou a apresentação da CIC Caxias e da CDL, pois, apesar das dificuldades ocasionadas com a escassez e da elevação nos preços das matérias-primas, os números positivos de junho refletem o aquecimento da atividade econômica.

E isso é decorrente, entre outros fatores, de acordo com as duas entidades, do avanço da vacinação, que permitiu a flexibilização de atividades, especialmente no comércio e serviços.

Já no indicador que mede o acumulado do ano, somente a indústria, com 8,4%, registrou desempenho positivo, enquanto comércio, com -8,8%, e os serviços, com -18,7%, tiveram redução no nível de atividade.

No acumulado de 12 meses, a atividade econômica também apresentou queda: -5,9%, com os serviços registrando o pior desempenho do período (-19,5%). O comércio também ficou negativo, mas a indústria, ao contrário, cresceu 4,1% no comparativo.

Mercado de trabalho registra alta no mês de junho

Caxias do Sul registrou 6.237 admissões e 5.653 demissões em junho, resultado em um saldo positivo de 584 empregos formais. No acumulado do ano, o mercado de trabalho registrou uma alta de 3,95%. O estoque total de empregos com carteira assinada hoje é de 153.886.

Maria Carolina Gullo, diretora de Economia, Finanças e Estatística da CIC Caxias, comemorou o fato de Caxias do Sul retomar a geração de empregos. Afirmou ainda que a reconquista do mercado de trabalho mostra a força de retomada da economia local e, principalmente, a própria continuidade do crescimento econômico. Para a economista, a preocupação agora fica por conta dos impactos da crise hídrica sobre o fornecimento de energia, sobre os preços dos alimentos e, consequentemente, sobre a inflação.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *