Grupo Solaris

Divulgado calendário de combate ao mosquito borrachudo em Flores da Cunha

Primeira aplicação vai ocorrer no dia 14 de março e a última dia 4 de abril

O Programa Municipal de Combate ao Mosquito Borrachudo de Flores da Cunha inicia uma nova etapa de aplicação do larvicida Bacillus turinghiensis var. Israelensis – o BTI. O produto biológico atinge apenas as larvas do mosquito borrachudo, sem causar danos ao ambiente natural e demais animais aquáticos e deve ser aplicado três vezes nos cursos d’água, com intervalo de 15 dias entre cada aplicação. Conforme calendário de execução do programa, a primeira aplicação ocorrerá dia 14 de março, a segunda aplicação 28 de março e a última no dia 4 de abril.

A Secretaria de Agricultura está orientando a comunidade a realizar, antes da primeira aplicação do produto, uma limpeza dentro dos rios e arroios, retirando galhos de árvores, folhas e capins que estejam em contato direto, ou no interior do leito dos mesmos, bem como de todo e qualquer tipo de lixo inorgânico (principalmente plásticos), pois essas práticas evitam a proliferação dos mosquitos que depositam seus ovos em objetos imersos na água limpa e corrente.

Outra medida de controle incentivada é a preservação e recomposição da mata ciliar e o repovoamento com peixes, principalmente com o lambari, que é uma espécie predadora das larvas do mosquito borrachudo. Em caso de chuva, os agricultores devem cancelar a aplicação, em virtude do aumento no volume de águas nos rios e arroios, que reduz a eficácia do produto.

A aplicação passa a ser realizada quando baixar o nível da água novamente.  No caso de algum produtor não ter recebido o produto, a Secretaria da Agricultura solicita que entre em contato por meio do telefone (54) 3279.3600, ramal 261.

Foto: Ass.Imprensa Prefeit./Divulgação

Limpeza em rios e arroios é fundamental para evitar a proliferação do mosquito
Sair da versão mobile