Faixa Atual

Título

Artista


DetranRS alerta para golpe dos leilões falsos

Escrito por em abril 3, 2022

Confira algumas dicas para não cair em golpes do gênero

Devido à procura de pessoas por bens que teriam sido arrematados em leilões virtuais realizados em sites que se fazem passar pelo do DetranRS, a autarquia reforça o alerta para se ter cuidado com esse tipo de golpe.

Os falsários utilizam sites com a marca do DetranRS e até mesmo endereços parecidos. Muitos sequer são hospedados em servidores nacionais. A indicação de Centros de Remoção e Depósito (CRDs) credenciados nos anúncios também pode induzir ao erro, por isso é importante entrar em contato com os locais e com o DetranRS antes de fazer qualquer tipo de transação.

Cuidados necessários para não cair no golpe do falso leilão:

1) Confira no site oficial do DetranRS os próximos eventos > detran.rs.gov.br > menu Veículos > Leilões > Calendário de Leilões

2) Veja nos editais do leilão todos os veículos disponíveis para compra em cada depósito credenciado, seus lances iniciais, o site do leiloeiro oficial e demais informações;

3) Se possível, agende uma visita ao depósito (CRD) onde está o veículo para verificar suas condições pessoalmente;

4) Participe do leilão na data e horário agendados pelo DetranRS e divulgados no site oficial (detran.rs.gov.br);

5) Caso seja atraído por um anúncio, desconfie de sites de leiloeiros que não sejam hospedados no Brasil (sem o final “.br”);

6) Pesquise a empresa em sites de reclamação ou mídias sociais;

7) Suspeite de veículos que pareçam novos ou de concessionárias;

8) Não faça transferências bancárias. Nos leilões do DetranRS, o pagamento do valor de arremate ocorre por meio de guia de arrecadação própria (GAD-L), quitada na rede bancária conveniada. Somente o valor da comissão do leiloeiro será conforme instruções do mesmo (detalhadas sempre no item 9.4 do Edital).

Quem for vítima desse tipo de golpe deve comunicar o fato à Polícia Civil, por meio de um boletim de ocorrência. O registro pode ser feito presencialmente em uma Delegacia de Polícia ou preferencialmente pela internet, por meio da Delegacia Online.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *