Faixa Atual

Título

Artista


Desrespeito ao trânsito dificulta mobilização urbana em Antônio Prado

Escrito por em setembro 2, 2020

Outras irregularidades já foram flagradas pela nossa reportagem

Na tarde desta quarta-feira (02), um exemplo da imobilidade foi flagrado pela equipe da Rádio Solaris. Estacionada de forma oblíqua, em local demarcado para ônibus, próximo a esquina da Av. Valdomiro Bocchese esquina com a Waldemar Grazziotin estava uma caminhonete Fiat/Toro. A dificuldade de mobilidade surgiu quando uma carreta, vinda pela Waldemar Grazziotin tentou acessar a avenida sentido bairro.

A conversão normal não foi possível, se o caminhoneiro continuasse teria arrastado a caminhonete. A solução encontrada pelo motorista foi fazer a manobra pela contramão de direção, o que é proibido pelo Código Brasileiro de Trânsito – CBT.

De acordo com o artigo 181 do CBT, estacionar em esquinas e a menos de 5 metros do alinhamento da via é uma infração. Essa infração é média (quatro pontos na carteira), a penalidade é multa de R$ 85,12 e medida administrativa de remoção do veículo.

Já o artigo 186 do CBT aponta que transitar pela contramão em via de mão dupla, salvo em ultrapassagens, a multa é de R$ 293,67.

Outras irregularidades já foram flagradas pela nossa reportagem. Automóveis estacionados em entradas de garagem, próximos a esquinas, vagas de idosos e de deficientes com carros sem a devida autorização, frequentemente são vistos por quem circula pelas ruas de Antônio Prado.

De acordo com especialistas, uma avenida seria um local de vazão do tráfego, para melhor fluir o trânsito, sendo assim, o estacionamento deveria ser paralelo, não oblíquo.

Reportagem e Imagens/Jornalista Ronei Marcilio


Opnião dos Leitores
  1. Paulo Roberto Andrighetti   Em   setembro 2, 2020 em 5:47 pm

    E por que não fazem uma entrevista com o diretor de trânsito para esclarecer edsas questões? Tem também o estacionamento oblíquo nós cruzamentos, como ali no scapinelli. O cruzamento ali no posto Terra Nostra também tá ruim. Pra quem vem de fora é um problema.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *