Faixa Atual

Título

Artista


Descartada suspeita de coronavírus em Flores da Cunha

Escrito por em março 3, 2020

Secretaria Municipal da Saúde esclarece que hipótese de uma mulher estar com sintomas da doença está afastada

A secretaria da Saúde de Flores da Cunha esclarece que está totalmente descartada a suspeita de coronavírus na cidade. Uma paciente de 26 anos deu entrada no Hospital Nossa Senhora de Fátima na sexta-feira, dia 28, com sintomas de gripe. A mulher participou recentemente de um cruzeiro por países dos Emirados Árabes e Bahamas.

Conforme a SMS, apesar de estar no isolamento a paciente não apresentou nenhum outro sintoma para a doença, sendo assim, a equipe médica descartou a possibilidade de suspeita do coronavírus. Sendo que, nem foi realizado exame para a verificação de tal situação, devido a evolução do quadro clínico da paciente. As autoridades estaduais já estão sendo notificadas.

Prevenção

Após a confirmação dos primeiro casos do Coronavírus (Covid-19) no Brasil, a Secretaria Municipal da Saúde de Flores da Cunha está passando algumas orientações, especialmente para as pessoas que viajaram para os seguintes países: Japão, Singapura, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Tailândia, Vietnã, Camboja, Alemanha, Austrália, Emirados Árabes, Filipinas, França, Irã, Itália, Malásia, além da China.

As recomendações são para as pessoas que estão chegando ao Brasil, vindos de países de risco para o novo Coronavírus, e que nos últimos 14 dias apresentam sintomas gripais, como febre, tosse e dificuldade em respirar, procurarem atendimento médico imediatamente e informar detalhadamente o histórico da viagem, além dos locais visitados anteriormente. Além de evitar o contato com outras pessoas se apresentar sinais ou sintomas respiratórios.

Algumas medidas são fundamentais para evitar o proliferação do vírus, como:

  • Evite viajar se estiver com febre ou tosse;
  • Evite contato com pessoas que estiverem visivelmente doentes, principalmente com sintomas respiratórios (tosse ou coriza);
  • Higienize as mãos frequentemente, seja com água e sabão ou álcool gel;
  • Evite tocar os olhos, nariz e boca;
  • Pratique a etiqueta da tosse: ao tossir e espirrar, cubra a boca com lenço descartável ou antebraço. Descarte o lenço imediatamente;
  • Se você ficar doente durante uma viagem, procurar imediatamente a tripulação ou equipe médica de bordo;
  • Na viagem, evite a ingestão de alimentos de procedência duvidosa ou inadequadamente preparados;
  • Evite o contato com animais silvestres ou animais doentes.

ORIENTAÇÃO AOS VIAJANTES – Sintomas

Situação 1: febre + sinal ou sintoma respiratório (tosse seca, dor de garganta, mialgia, cefaleia e prostração, dificuldade para respirar e batimento das asas nasais) + histórico de viagem para área com transmissão local, de acordo com a OMS, nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas;

Situação 2: febre + sinal ou sintoma respiratório (tosse seca, dor de garganta, mialgia, cefaleia e prostração, dificuldade para respirar e batimento das asas nasais) + contato próximo de caso suspeito de novo coronavírus nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas;

Situação 3: febre ou sinal ou sintoma respiratório (tosse seca, dor de garganta, mialgia, cefaleia e prostração, dificuldade para respirar e batimento das asas nasais) + contato próximo de caso confirmado de novo coronavírus em laboratório nos 14 dias anteriores ao aparecimento dos sinais ou sintomas.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *