Faixa Atual

Título

Artista


Curta metragem florense “Menino da Terra do Sol” ganha premiação em Festival na região das Missões

Escrito por em agosto 22, 2019

Filme baseado no livro homônimo de Flávio Luis Ferrarini levou quatro Cisnes de Ouro no 7° festival de Cinema de Santo Ângelo

O Curta metragem florense “Menino da Terra do Sol” baseado no livro homônimo de Flávio Luis Ferrarini, foi ganhador de quatro premiações durante o 7° Festival de Cinema de Santo Ângelo na noite de 15 de agosto.  A produção levou quatro Cisnes de Ouro, Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Fotografia e Melhor Ator.

O filme também foi exibido no dia 17 de agosto em Gramado no 47° Festival de Cinema, mas não obteve premiação.

O filme que foi produzido pela produtora Alba Arte de Bento Gonçalves, retrata a infância de Flávio Luis Ferrarini em Flores da Cunha e Nova Pádua.  A diretora do Instituto Flávio Luis Ferrarini, Madeleine Ferrarini enfatiza a importância das retaliações do Instituto e  acredito que tenha o sabor incentivador para que a cultura e a arte sejam valorizadas  cada vez mais por todos. “A transformação de uma sociedade é refletida no quanto incentivamos a cultura” destaca Madeleine.  

Sobre o Filme:

Sinopse: Baseado na vida do escritor Flávio Luis Ferrarini de Flores da Cunha/RS, o curta conta a história de Nini, um menino tímido do interior que vive intensamente a solidão da infância e vai atras de seu sonho de ser escritor. 

Patrocínio: Fábrica de Móveis Florense e Dallemole Estruturas Metálicas 
Realização Cultural: Instituto Sociocultural Flávio Luis Ferrarini 
Ilustrações em aquarela: Antonio Giacomin 
Produtora: Alba Arte 
Direção: Michel Marchetti 

A produção e execução do filme de curta-metragem “O Menino da Terra do Sol” enquadra-se como forma de representação da identidade cultural e da vida social do interior da Serra Gaúcha nas décadas de 60 e 70. 
Vale ressaltar que além de ter valor cultural, literário e histórico o enredo do filme traz a representação das mudanças, conflitos e sonhos presentes no processo de crescimento (infância para a vida adulta) essa grande aventura individual do ser humano. Além disso, o filme retrata o êxodo rural em uma época onde muitos dos adolescentes deixaram o interior e o seio da família para se aventurar na cidade buscando melhores condições de vida e oportunidades de trabalho. 

“O menino está só com seu livro, cujas páginas são tapetes voadores que o levam…do mundo do Paredes aos confins do universo.” Flávio Luis Ferrarini .

Acompanhe a entrevista com a diretora do Flávio Luis Ferrarini, Madeleine Ferrarini


Opnião dos Leitores
  1. Edmarin Marin   Em   agosto 22, 2019 em 1:03 pm

    O filme O Menino da Terra do Sol é merecedor de todos os prêmios que recebeu. É um filme poético, inspirado na história do próprio autor, Flávio Luis Ferrarini, que além de linda, emociona.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *