Faixa Atual

Título

Artista


Consumo de vinhos aumenta consideravelmente na quarentena

Escrito por em agosto 13, 2020

Em 2019 estava em 1,8 litros, atualmente passou para 2,3 litros

 Segundo dados de alguns sites especializados em vinho, o aumento do consumo da bebida durante a quarentena cresceu,  entre os meses de março e julho, se comparado ao mesmo período do ano passado.

A pesquisa aponta que os brasileiros passaram a beber, em média, duas garrafas de vinho a mais por semana. 

Em entrevista concedida à rádio Solaris, na terça-feira (11), o presidente da Cooprado,  Osvaldo Conte, abordou o assunto.

De acordo com Osvaldo, o consumo de vinhos aumentou consideravelmente na quarentena.  Em 2019 estava em 1,8 litros, atualmente passou para 2,3 litros. Hoje são consumidos 110 milhões de litros de vinho, segundo Conte.

O administrador disse que o fechamento das fronteiras, devido à pandemia, pode ter contribuído para esse aumento e exemplificou: “As excursões para os países do Mercosul não estão acontecendo, com isso a compra de vinhos, uma ou duas caixas por turista, deixou de ser feita”. Além disso, Conte destaca o aumento da qualidade do vinho, que o torna competitivo com os importados. O presidente revelou que a Cooprado vendeu praticamente todo o estoque de vinho, restando apenas 400 mil litros para serem engarrafados com a marca da empresa.

Para ele, o que está preocupando o setor é a reforma tributária proposta pelo Governo do Estado, que seria o aumento do ICMS de 18 para 25%.

“O problema é que o vinho importado legalmente chega ao Brasil sem impostos, ao passo que nós estamos pagando a cada garrafa vendida, se vier essa reforma, nesses moldes, vai comprometer o setor”. 

A Serra Gaúcha produz atualmente 700 milhões de quilos de uva e a expectativa é de que, em dois anos, passe a produzir 1 bilhão de quilos. “Se não aumentar o consumo, teremos dificuldades”, diz Conte.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *