Faixa Atual

Título

Artista


Conselho do Ministério da Educação aprova ensino à distância até o final de 2021

Escrito por em outubro 7, 2020

Não reprovação de alunos também é recomendada

O Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou na terça-feira (6), a prorrogação do ensino à distância para a educação básica e superior até o dia 31 de dezembro de 2021. O documento recomenda ainda que nenhum estudante seja reprovado nesse período, além da criação do chamado “ano contínuo”, onde a série atual do estudante seria juntada com a do próximo ano.

“O reordenamento curricular do que restar do ano letivo de 2020 e o do ano letivo seguinte pode ser reprogramado, aumentando-se os dias letivos e a carga horária do ano letivo de 2021 para cumprir, de modo contínuo, os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento previstos no ano letivo anterior”, projeta o documento.

“Mesmo que se imagine que haja vacina ano que vem, as escolas precisam se readaptar, é o que todos os países do mundo estão fazendo. É uma flexibilização que dá tranquilidade no replanejamento para 2021”, avalia a relatora da resolução Maria Helena Guimarães de Castro.

Para Maria Helena, as atividades presenciais devem retornar nos locais onde já houver decisão favorável da área de Saúde. “A volta é muito importante, até para as pessoas aprenderem a lidar com o medo, ter acolhimento, para que os professores possam falar como estão se sentindo”, avalia ela.

No Rio Grande do Sul, após o retorno de forma escalonada desde o dia 8 de setembro, o retorno presencial para escolas do ensino médio já foi adiado duas vezes. A retomada seria no dia 13 de outubro, passou para o dia 20 e foi definida para o dia 28 na região da Serra Gaúcha.

Conforme informações da 4ª Coordenadoria Regional de Educação (4ª CRE), 117 escolas estaduais poderão retornar às atividades presenciais a partir do dia 28 de outubro na região da serra, nos 14 municípios de atuação da coordenadoria. São eles: Antônio Prado, Cambará do Sul, Canela, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Gramado, Jaquirana, Nova Pádua, Nova Petrópolis, Nova Roma do Sul, Picada Café, São Francisco de Paula, São Marcos.

Fonte: Grupo Solaris.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *