Faixa Atual

Título

Artista


Com a chegada do inverno cuidados com a pele precisam ser reforçados

Escrito por em junho 21, 2021

Profissional dá dicas e recomendações sobre cuidados neste período

Nesta segunda-feira, dia 21 de junho, inicia oficialmente o inverno em todo o hemisfério sul até o dia 22 de setembro. Neste período de temperaturas baixas, principalmente na região sul do país, tornam necessário redobrar os cuidados com a alimentação, saúde, entre outros aspectos.

Nesta semana a Rádio Solaris está produzindo uma série de matérias acerca do tema com o apoio de Janair Lãs e Linhas, Farmácias Associadas – Vide Bula e Sorvelândia e hoje (21), conversamos com a Fisioterapeuta Dermato Funcional, Roberta Manera, do Espaço Dermatológico, Spa da Pele, sobre os impactos das baixas temperaturas na saúde de nossa pele.

Segundo a profissional toda mudança no clima tem um efeito na pele e no inverno consequentemente ela sofre mais com o ressecamento, por isso, é preciso ter um cuidado especial para mantê-la bonita e saudável. O clima mais seco e o vento frio favorecem a perda de umidade do corpo. Quando as temperaturas caem, o mesmo acontece com a umidade relativa do ar, assim, nossa pele pode perder até 25% de sua hidratação e isso pode causar rachaduras na pele, aumentando seu ressecamento e sensibilidade. Segundo Manera nesta época, normalmente os banhos são mais quentes e removem a oleosidade natural e a ingestão de água se torna menor e sua função em nosso organismo é justamente a de hidratar algumas partes do corpo que ficam secas por causa do tempo frio, o que acaba interferindo na textura da pele, mãos, corpo, lábios e cabelo.

Sobre os cuidados que as pessoas podem adotar nesta estação para proteger a pele do rosto e corpo a profissional listou algumas dicas:

Não se esqueça de beber água: É recomendada a ingestão de cerca de dois litros de água diariamente;

Use protetor solar: Usar protetor solar durante o inverno é importante para impedir que os efeitos nocivos dos raios ultravioletas prejudiquem a saúde da pele, que já está exposta demais ao frio. Mesmo com as temperaturas mais baixas, o sol ainda é capaz de agredir a pele, favorecendo a produção de radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento;

Mantenha a pele hidratada: Hidratantes corporais e faciais são excelentes. A dica é aplicá-los com mais frequência nas regiões mais expostas como as dobraduras (joelhos, cotovelos e calcanhares) e o rosto que possui a pele mais fina e sensível às mudanças climáticas.Vale destacar que ao escolher hidratantes, a recomendação é prestar atenção se os produtos são adequados para a sua pele. Por exemplo, pessoas com pele oleosa não podem usar cremes e loções muito concentrados e cheios de óleos porque isso pode causar o aparecimento de cravos e espinhas;

Não esfregue a bucha forte demais no banho: Para que o produto não retire a barreira de proteção natural do nosso corpo;

Prefira sabonetes suaves: Esses produtos são ótimos para limpar a pele, sem a necessidade de remover a gordura que protege as camadas mais próximas da superfície.

Proteja os lábios também: O vento frio é um dos maiores vilões dos nossos lábios porque ele queima a superfície dessa mucosa que é muito mais fina em comparação com o restante do nosso rosto.

A Fisioterapeura Dermato salienta ainda que uma boa rotina de cuidados com a pele é um compromisso para o ano todo, conhecer o seu tipo de pele e entender como ela muda em diferentes ambientes é o primeiro passo para ter uma rotina de cuidados completa. 

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Taís Vargas


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *