Faixa Atual

Título

Artista


Clonagem do WhatsApp vem se tornando um golpe cada vez mais comum

Escrito por em julho 26, 2021

Criminosos se passam pela vítima e entram em contato com conhecidos da mesma para pedir quantias em dinheiro

Cada vez mais pessoas estão caindo em golpes aplicados por criminosos na internet. Os golpistas conseguem enganar as pessoas, e tem acesso aos dados pessoais da vítima. A clonagem de número de telefone em aplicativos de mensagens é um dos golpes mais comuns e que vem aumentado cada vez mais nos últimos anos. 

Os golpistas têm diversos meios de conseguir o número da vítima e clonar o WhatsApp. O mais usual é quando o número da vítima é retirado de anúncios em plataformas de sites de compras ou anúncios públicos em redes sociais. Através disso, as vítimas recebem um torpedo de SMS no qual consta um código de 6 dígitos.

Depois disso, o golpista se passa por funcionário da plataforma de anúncio e solicita este código, alegando que isso é necessário para ativar o anúncio. Outras vezes alegam que houve duplicidade de anúncio, com valores diferentes. Para tal, solicitam a verificação da vítima com dados pessoais (nome completo, CPF, RG, endereço) e finalizam solicitando o código que a vítima recebeu em seu celular.

Este código é uma verificação do WhatsApp, ou seja, o golpista digitou o número de celular da vítima no celular dele para ativar o aplicativo. Este código foi enviado para o celular da vítima. É por este motivo que o bandido solicita o código, pois diz ser um passo necessário para habilitar o anúncio, induzindo a vítima a fornecê-lo.

De posse desse código, o golpista desvia o WhatsApp da vítima para o aplicativo instalado no celular dele, e a vítima perde o acesso ao aplicativo. Com isso, ele conversa com os amigos da vítima, se fazendo passar por ela, fala que está sem dinheiro, com algum problema na conta ou cartão de crédito bloqueado e solicita dinheiro emprestado, se comprometendo a pagar no dia seguinte.

Os amigos da vítima, acreditando estarem falando com pessoa de sua confiança, acabam transferindo o dinheiro para a conta bancária informada, que normalmente é de algum laranja. Assim que a transferência é feita, eles também se tornam vítima do golpe e, na maioria das vezes, só percebem se tratar de outra pessoa quando já realizaram o depósito.

A Polícia Civil alerta que é de suma importância habilitar a confirmação em duas etapas do WhatsApp. Para isso, clique em ‘Configurações/Ajustes’, depois clique em ‘conta’ e em sequência em ‘confirmação em duas etapas’, depois é só habilitar senha de 6 dígitos numéricos. Caso já tenha enviado o código para alguém e caído no golpe, é preciso enviar um e-mail para [email protected] pedindo desativação temporária de sua conta e explicando o que aconteceu.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *