Faixa Atual

Título

Artista


Clínica Geral alerta sobre sequelas pós-covid e exames preventivos para manutenção da saúde

Escrito por em agosto 13, 2021

A profissional cita que cada vez mais pessoas estão procurando auxílio médico para tratar sequelas após passar pelo coronavírus

Neste mês a Rádio Solaris realiza uma série de entrevistas especiais referentes ao mês da Saúde e na manhã desta sexta-feira (13), a Rádio Solaris entrevistou a clínica geral Cíntia Zaffonato sobre as sequelas pós-covid e a importância da realização de exames preventivos para manutenção da boa saúde.

A médica iniciou a entrevista alertando sobre as sequelas que um paciente pode apresentar após passar pela Covid-19 ela trouxe dados coletados durante quatro meses, pela Faculdade Cajuru de Curitiba (PR), em que constatou-se que 90% dos pacientes entre 24 e 76 anos apresentaram fadiga, 85% perda de massa muscular, 70% de spineia (falta de ar) e 50% cefaléia e ela ressaltou também que quanto maior o período de internação maiores são as sequelas.

Segundo a profissional a maioria dos pacientes consegue se recuperar entre o segundo e terceiro mês após contrair o coronavírus, mas muitos pacientes têm cada vez mais consultado médicos para acompanhar estas sequelas. Queda de cabelo, esquecimento, raciocínio lento e até mesmo doenças que acabam sendo desencadeadas como embolia pulmonar e AVC, estão entre os danos colaterais mais relatados pelos pacientes.

Ela também ressalta que não se pode assegurar que os danos serão todos reversíveis, porém existem sim tratamentos para acompanhá-los. Zaffonato afirmou que a Covid-19 acaba também por desequilibrar doenças já existentes no paciente, como diabetes e hipertensão necessitando muitas vezes se rever a dosagem do medicamento utilizado, o que reforça a importância dos pacientes realizarem o acompanhamento e os exames periódicos para monitorar esses possíveis efeito colaterais causados pela Covid-19.

Em relação aos exames preventivos a doutora cita que já estão estabelecidos exames de rotina para pacientes com comorbidades e pacientes regulares. Se o paciente passou pela Covid recomenda-se realizar uma revisão logo após a alta hospitalar e depois aconselha-se retornar conforme a necessidade.

Para pacientes internados que tiveram alguma alteração pulmonar é necessário o controle com o exame de espirometria e uma tomografia de controle após quatro meses porque essas alterações podem causar a chamada fibrose pulmonar, além da reabilitação com fisioterapia. Às pessoas que não contraíram a Covid-19 também é necessário realizar exames preventivos para o controle de colesterol, glicemia, entre outros. Aos homens também se indicam exames de PSA e toque retal. As mulheres é recomendado exames preventivo e de mama.

A médica salienta que não é preciso apresentar sintomas para a realização de exames que além de identificar doenças possuem o papel de preveni-las.

Ouça a entrevista completa, abaixo:   

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Taís Vargas


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *