Faixa Atual

Título

Artista


Cidade de Antônio Prado é considerada infestada de Aedes Aegypti

Escrito por em abril 7, 2020

Até o final de fevereiro um foco havia sido encontrado na cidade

O que é mais difícil, combater a COVID-19 ou a Dengue?

É bem provável que ao ler a frase acima as pessoas já tenham a resposta para a pergunta.

Mas vamos tentar ajudar. Para combater o Coronavírus é preciso isolamento, higienização, mascaras.

Para combater a dengue basta uma atitude simples, não deixar água acumulada.

Pelo segundo ano consecutivo a cidade de Antônio Prado é considerada “Infestada pelo Aedes Aegypti”. Larvas e mosquitos foram encontrados em diversos pontos da área central da cidade. Em 2019 a Vigilância Ambiental encontrou apenas larvas, este ano os agentes têm encontrado mosquitos adultos.

A Agente de Endemia, Franciele Oliveira, apontou as áreas onde o mosquito foi localizado: região do centro próximo ao Restaurante Scolaro, próximo ao hospital, proximidades da Escola João XXIII, região do cemitério, próximo a Delegacia e, no Bairro Fátima, no Entreposto da Nordeste Alimentos.

“De certa forma houve a conscientização das pessoas de não deixarem água nos pratinhos das flores, porém a maior incidência está nas caixas coletoras de água da chuva”, alerta.

Franciele orienta para fazer uma limpeza com esponja, água e sabão nas caixas e deixar em desuso por algum tempo. Quando voltar a usar é recomendado vedar ao máximo a tampa e, no cano da entrada fazer uma espécie de peneira, podendo ser com uma meia-calça feminina usada.

A boa notícia é que os mosquitos pradense não estão contaminados com dengue, portanto, não estão transmitindo a doença.

Notem bem, não estão contaminados, ainda, para isso ocorrer basta apenas uma pessoa que viaja, podendo ser caminhoneiro, turista, representante comercial, chegar à cidade e estiver contaminado e ser picado por um de nossos insetos que já teremos o início de uma epidemia de dengue.

“Para saber se o mosquito está infectado ou não só é possível saber após uma pessoa ser picada e apresentar sintomas”, informa Franciele.

No final do mês de fevereiro deste ano, o então Secretário de Saúde de Antônio Prado, Andrei Casali, informou em entrevista, que a vigilância havia encontrado apenas um foco de mosquito na cidade.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *