Faixa Atual

Título

Artista


CDL de Caxias prevê crescimento de 3% para o Dia dos Pais

Escrito por em agosto 2, 2019

Índice é comparado com a data comemorativa do ano passado

Uma pesquisa divulgada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Caxias do Sul, na manhã desta sexta-feira, dia 2, indica que os caxienses estão cautelosos com relação às compras para o Dia dos Pais, que será comemorado no dia 11 de agosto. Segundo o presidente da entidade, Ivonei Pioner, as vendas devem aumentar em torno de 3% em comparação com 2018. Os dados foram divulgados em coletiva de imprensa no Palácio do Comércio.

Segundo Pioner, a situação econômica do país é um dos principais fatores para a estimativa não ser tão otimista para o Dia dos Pais, considerada a quarta data em movimento de vendas no comércio caxiense. “Hoje as pessoas têm mais dinheiro do que em relação ao ano passado, mas estão com mais cautelosas e estão prestando mais atenção no que vão investir. Isso indica o crescimento da maturidade do consumidor e da economia, pensando em um futuro melhor”, pondera.

Pela pesquisa CDL, 61,51% dos entrevistados pretendem comprar o presente em dinheiro; 26,42% em cartão de crédito. O resultado do levantamento, realizado entre os dias 23 a 28 de julho, com 391 moradores da área centra e bairros da cidade, aponta que a valor médio a ser gasto para as aquisições de presentes para a data é de R$ 173,80.  O crescimento é de 9,1% em relação ao ticket médio apontado na pesquisa do ano passado – quando a estimativa de valor investido foi de R$ 159,27.  

Outros dados mostrados pela CDL corroboram essa expectativa de cautela diante das incertezas do cenário econômico. A opção pelas compras à vista lidera o ranking, com 71,21%. Conforme o levantamento, o número de pessoas que demonstram interesse em ir às compras é de 67,52%, o que corresponde a uma queda de 8,76% na comparação com o que foi registrado em 2018.  

A principal justificativa daqueles que não têm a intenção de investir para a compra de presentes no Dia dos Pais é a falta de dinheiro – o que corresponde a 57,48% dos entrevistados. Produtos do vestuário e moda lideram os mais procurados com 43,15%, seguido de calçados com 12,45%, perfumes (10,79%), porém 25% ainda não decidiu o que comprar.

Foto: Jeferson de Freitas/Grupo Solaris

Ouça entrevista com Ivonei Pioner

Vestuário e calçados são os itens mais procurados no comércio caxiense

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *