Faixa Atual

Título

Artista


CDL Caxias estima queda de vendas de 25% para o Dia das Crianças

Escrito por em outubro 1, 2020

Entidade entende que mesmo assim, o setor será o menos impactado pela pandemia do coronavírus

Os impactos econômicos em decorrência da Covid-19 estão em ritmo de desaceleração no comércio caxiense. A pesquisa de intenção de compras do Dia das Crianças, promovida anualmente pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Caxias do Sul, aponta que, apesar da melhora, o cenário ainda é de apreensão e instabilidade, o que deve refletir na queda das vendas para a data, que será comemorada em 12 de outubro. Baseada nos resultados do levantamento, a entidade estima que, neste ano, haverá uma redução de até aproximadamente 25% na intenção de compras em relação a 2019 em função da pandemia do coronavírus.

O levantamento também apontou que apenas 17% dos entrevistados alegaram que a pandemia da Covid-19 afetará muito suas compras para a data. Conforme os dados da CDL, em maio, no Dia das Mães, este índice chegou a 59% e em agosto, no Dia dos Pais, a 50%. A amostragem foi realizada de 12 a 20 de setembro, e pode ser acessada na íntegra em blog.cdlcaxias.com.br.        

“O que percebemos é que a instabilidade do ambiente está fazendo com que as pessoas sejam mais conservadoras nas suas respostas, mas na hora prática, se o cenário estiver bom, ela pode mudar de decisão. Por outro lado, se na semana do Dia das Crianças estivermos em um cenário mais negativo vai ter uma desaceleração. Ou seja, a pesquisa pode virar positivamente conforme nos aproximarmos da data”, explica o gerente Administrativo Financeiro da CDL Caxias do Sul, Carlos Alberto Cervieri.  

Brinquedos

Segundo a pesquisa de intenção de compras promovida pela CDL Caxias, 40% dos entrevistados afirmaram que pretendem presentear no Dia das Crianças. No ano anterior, este movimento era de 57%. O ticket médio será de R$ 198, redução de R$ 30 frente a 2019. Brinquedos, além de roupas e calçados devem ser os mais procurados, com 46,71% e 36,85% da preferência, respectivamente.  “Provavelmente, teremos uma redução de 14% no valor do investimento para a data. Caiu o poder aquisitivo da população e o consumidor não está confortável com a situação que estamos vivendo, sem previsibilidade de cenário. Percebemos isso nas respostas conversadoras da pesquisa. As pessoas não sabem se terão dinheiro, se estarão empregadas, por exemplo”, diz Cervieri.

Brinquedos são os mais procurados para a data

O levantamento apurou que 45,77% dos presentes serão para os filhos, 22,54% para os afilhados e 16,20% para os sobrinhos. Cerca de 31% das crianças escolherá o artigo. Em 2019, o índice era de 61%. Apesar de não pedirem pelo produto, 60,39% das crianças falam sobre brinquedos e presentes que elas viram em propagandas. Quase 50% delas obtiveram informações em vídeos no YouTube e 32,59% em anúncios na televisão.

Mais de 45% dos entrevistados afirmaram que farão as compras para o Dia das Crianças na semana da data e 31% na véspera. A agilidade no atendimento (26%), a diversidade nas opções de presentes (15,71%), os produtos de qualidade (11,71%) e a identificação clara dos preços (10,86%) estão entre os fatores que mais interessam o público.

Crise econômica

O levantamento apontou, ainda, que 73,5% dos consumidores estão priorizando o varejo caxiense por conta da crise econômica causada pelo coronavírus. E apenas 2,15% dos participantes da pesquisa disseram que não irão adquirir os produtos para o Dia das Crianças no comércio local. A preferência segue pelo atendimento presencial, sendo que 58,6% devem ir em lojas de rua do centro, 12,37% nas de bairros, 19,89% em shoppings e apenas 6,45% pretendem comprar via comércio eletrônico (local e de outras cidades).          

A pesquisa de intenção de compras da CDL Caxias foi realizada com 387 moradores de diferentes pontos de Caxias do Sul. O levantamento tem índice de confiança de 95% e margem de erro de 5% para mais ou para menos.           

Fonte: CDL Caxias


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *