Faixa Atual

Título

Artista


Caxiense morre de covid-19 na Bahia

Escrito por em maio 5, 2020

Morador de Caxias do Sul faleceu de coronavírus no interior baiano no final de semana

Um caminhoneiro de 69 anos, morador de Caxias do Sul, morreu de coronavírus no município de Feira de Santana, no interior do Estado da Bahia. A morte foi confirmada neste final de semana. Segundo os dados revelados pela Secretaria da Saúde de Feira de Santana, o idoso se sentiu mal quando passava por São Gonçalo dos Campos, na mesma região.

Ele acabou sendo levado para Feira de Santana, onde morreu na noite de sábado, dia 2. O diagnóstico de contaminação pelo coronavírus foi confirmado no domingo pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia. O nome não foi divulgado, e de acordo com informações da assessoria de imprensa da prefeitura baiana, ele foi sepultado na cidade onde morreu nesta terça-feira.

A Secretaria Estadual da Saúde da Bahia (Sesab) divulgou um relatório que diz que se trata de um paciente que tinha comorbidades.

Confira a nota emitida pela Prefeitura de Feira de Santana:

Portador de Covid-19, caminhoneiro de Caxias, no Rio Grande do Sul, de passagem pela região, morre em hospital particular de Feira

Morreu em Feira de Santana, no sábado, 02, um caminhoneiro de 69 anos residente em Caxias, no estado do Rio Grande do Sul. Ele teve que suspender a viagem quando se encontrava na vizinha cidade de São Gonçalo dos Campos, de onde foi transferido em ambulância do SAMU para esta cidade. 

De acordo com informações da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, o caminhoneiro  morreu em decorrência de complicações causadas pela Covid-19. Ele estava internado em um hospital particular local. O resultado do exame para diagnóstico de coronavírus foi liberado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen) neste domingo, 3.

O caso não entra para as estatísticas de Covid-19 de Feira de Santana, uma vez que o homem era residente do Sul do país, onde provavelmente contraiu o vírus. Portanto, esta cidade  continua registrando uma morte pela doença, de uma idosa de 82 anos de idade.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *