Faixa Atual

Título

Artista


Caxias do Sul terá 10 candidatos a prefeito nas eleições deste ano

Escrito por em setembro 17, 2020

O índice é superior 66% em relação ao pleito de 2016 quando seis candidatos postularam o Executivo municipal

Caxias do Sul terá nas eleições de 2020, um acréscimo de 66% no número de candidatos a prefeito em comparação com o pleito de 2016. Naquele ano foram seis ao Executivo com a vitória de Daniel Guerra no 2º turno. Em 2020, são 10 candidatos. Nesta quarta-feira (16) foi o último dia para os partidos definirem os nomes, inclusive à Câmara de Vereadores. É o maior número de postulantes em eleições para o Executivo em Caxias do Sul, situação que se deu em parte pela impossibilidade este ano de coligações entre partidos para a disputa à Câmara Municipal. 

Seis partidos concorrem com chapas próprias para prefeito e vice. São eles o PSDB, o Patriota, o Novo, o Podemos, o PL e o Republicanos. O PSDB, no entanto, formou coligação. O Patriota tem o apoio do PRTB. Os outros quatro partidos não formaram alianças e correm sozinhos na disputa. O PDT concorre em parceria com o PP; o MDB forma chapa com o PSB; o PT com o PCdoB; e o DEM com o PSD.

Em ordem alfabética confira as candidaturas que ainda devem ser confirmadas oficialmente pela Justiça Eleitoral. As eleições ocorrem em 1º turno no dia 15 de novembro. Caso tenha o 2º turno será em 29 do mesmo mês. A campanha inicia dia 27 de setembro.

Adiló Didomenico (PSDB)

O PSDB anunciou, no sábado (12), o vereador Adiló Didomenico, de 68 anos, como candidato a prefeito de Caxias do Sul. A vice será a vereadora Paula Ióris. PTB, Solidariedade, PSC e PROS também confirmaram apoio ao PSDB.

Antônio Feldmann (Podemos)

O jornalista Antônio Feldmann, de 52 anos, foi anunciado, no sábado (12), como candidato a prefeito pelo Podemos. Ele foi vice-prefeito de Caxias do Sul entre os anos de 2013 e 2016. O candidato a vice é o professor Odir Ferronato.

Carlos Búrigo (MDB)

O deputado estadual Carlos Búrigo, de 56 anos, foi anunciado na terça-feira (15) como candidato a prefeito pelo MDB. Ele foi secretário da Fazenda no governo de José Ivo Sartori. O candidato a vice é o atual vice-prefeito Elói Frizzo (PSB). A coligação tem apoio, ainda, do Avante e do Cidadania.

Edson Néspolo (PDT)

Em convenção realizada no sábado (12), o PDT anunciou o nome de Edson Néspolo, de 56 anos, a candidato a prefeito. O vice na chapa será o vereador Edson da Rosa, do PP. Néspolo foi presidente da Festa da Uva e candidato a prefeito na última eleição. Depois, assumiu a GramadoTur. O Partido também terá apoio do PV.

Júlio Freitas (Republicanos)

O Republicanos realizou a convenção nesta quarta-feira (16) e definiu candidatos próprios à prefeitura. Para prefeito, o nome definido foi o do ex-secretário da Saúde da cidade Júlio Freitas, de 46 anos. Para vice, o vereador Chico Guerra, 52 anos, será o candidato.

Marcelo Slaviero (NOVO)

O Novo realizou a convenção em 31 de agosto e definiu uma chapa com candidatos próprios. O pré-candidato a prefeito é Marcelo Slaviero, 46 anos, sócio-diretor de uma empresa de gestão de documentos. O candidato a vice é César Bernardi, 55 anos.

Nelson D’Arrigo (Patriota)

Nelson D’Arrigo foi anunciado pelo Patriota como candidato a prefeito da cidade na serra gaúcha. Ele tem 62 anos e é empresário. Para o cargo de vice-prefeita, o partido colocou o nome da bacharel em direito Andréia Garbin.

Pepe Vargas (PT)

Natural de Nova Petrópolis, Pepe Vargas é médico, atualmente deputado estadual pelo PT/RS. Já foi prefeito de Caxias do Sul, entre 1997 e 2004. Atuou como deputado federal e ministro no governo Dilma Rousseff. O vice é Cláudio Libardi, do PCdoB, ele é advogado. A Coligação Caxias Pra Frente terá apoio também do PSOL.

Renato Nunes (PL)

O Partido Liberal (PL) divulgou, na sexta (11), Renato Nunes, de 47 anos, como candidato a prefeito. Nunes foi vereador por duas legislaturas e secretário municipal. A vice será a advogada Priscila Vilasboa.

Vinicius Ribeiro (DEM)

O arquiteto Vinicius Ribeiro é o nome anunciado como candidato a prefeito pelo Democratas. Para o cargo de vice-prefeito, está o nome de Kiko Girardi, do PSD. A coligação ainda terá 45 candidatos concorrendo a uma vaga na Câmara de Vereadores, sendo 20 candidatos pelo DEM e 25 candidatos pelo PSD.

Eleição de novembro vai apontar o futuro prefeito para os próximos quatro anos na cidade

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *