Faixa Atual

Título

Artista


Caxias do Sul encaminha mais 472 estudantes para sala de aula

Escrito por em junho 7, 2022

Abertura de novas turmas, 18 novos professores e esforço logístico possibilitaram a ação

Já estão frequentando regularmente as aulas na rede municipal de Caxias do Sul 472 estudantes atendidos por um conjunto de medidas adotado em regime extraordinário, em resposta à demanda gerada no processo de migração interna sem precedentes desencadeado pela pandemia de Covid-19. A novidade é resultado de um esforço concentrado da Secretaria Municipal de Educação (SMED) que passa a contar com 18 novos professores empossados e 27 roteiros de transporte.

Do total de estudantes contemplados com as novas vagas, foi possível manter 235 no zoneamento de origem. Outros 237 obtiveram recolocação com transporte garantido. Contudo, a informação mais importante é que neste momento há vagas disponíveis na rede municipal de ensino de Caxias do Sul.

O motivo é que 246 estudantes ainda não se apresentaram para as aulas. Uma parcela, por opção das respectivas famílias, que não aceitaram as vagas designadas com transporte. E outro grupo, até mais numeroso, que simplesmente não responde às reiteradas tentativas de contato por parte da equipe da SMED (não atendem ligações, trocaram de número, o número está incorreto ou a ligação é atendida por outra pessoa que afirma não conhecer a família procurada).

Portanto, neste momento, o apelo é para que aquelas famílias que ainda aguardam por vagas e que estejam sem contato procurem imediatamente a Central de Matrículas. O atendimento na Avenida Júlio de Castilhos, 2555 – Bairro São Pelegrino ocorre das 8h30 às 14h30. Também é possível buscar informações pelos telefones 99613.6702 / 98429.5562 / 99976.8858 / 99955.2911 / 99613.8459 / 98419.2442 ou pelo e-mail matricula@edu.caxias.rs.gov.br.

A identificação das famílias de estudantes que não aceitaram a vaga com transporte e daquelas com quem não foi possível estabelecer contato já está numa planilha compartilhada com o Ministério Público para conhecimento e providências.

“Tudo que era de responsabilidade do município foi efetivado: roteiros de transporte, nomeação de professores, organização dos espaços com mobiliário, recursos materiais e equipamentos. Agora, em alguns casos, faltam apenas os estudantes”, conclui a secretária municipal de Educação, Sandra Negrini.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *