Faixa Atual

Título

Artista


Caxias do Sul e Flores da Cunha terá vacina contra a gripe para público em geral nesta quarta-feira

Escrito por em junho 30, 2020

Campanha nacional encerra nesta terça-feira, mas sobraram doses

Com o encerramento da campanha de vacinação contra a gripe nesta terça-feira, dia 30, em todo o país, algumas doses sobraram e ainda estão disponíveis para o público em geral em Caxias do Sul e Flores da Cunha a partir desta quarta-feira, 1º de julho. A meta dos grupos prioritários foi atingida em Flores da Cunha, chegando a 93%.

Como sobraram doses a Secretaria da Saúde decidiu oferecer cerca de mil doses para as demais pessoas interessadas. A imunização ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde, e na área central, em Frente ao Centro de Saúde Irmã Beneditta Zorzi, nas antigas salas do Conselho Tutelar, na Rua Rua John Kennedy, nº 2150. A orientação é que as pessoas liguem previamente ao local para verificar a disponibilidade da vacina. Além das UBSs que seguem atendendo até às 17h, a imunização também acontece na área central, em frente ao Centro de Saúde Irmã Beneditta Zorzi, até as 17h15min.

Foram aplicadas desde o início da campanha em 23 de março, mais de 7.500 doses. Lembrando que essa imunização reduz o número de internações hospitalares por influenza, além de auxiliarem os médicos para saber diferenciar a H1N1 da Covid-19, já que apresentam sintomas semelhantes. Para receber a vacina as pessoas devem comparecer nos locais com documento de identificação, e se possível, com cartão SUS e carteirinha de vacinação.

Caxias

Em Caxias, a imunização está liberada para todos desde sábado, dia 27, quando 16.274 pessoas foram vacinadas. A adesão mais baixa registrada na semana passada era das pessoas com deficiência, caminhoneiros e adultos de 55 a 59 anos. No último fim de semana, foram aplicadas mais 986 doses nestes grupos, segundo a Secretaria Municipal da Saúde (SMS). Mesmo assim, alguns grupos ficaram abaixo da meta: adultos entre 55 e 59 anos (39%), caminhoneiros (36%), crianças (49%), gestantes (48%).  O objetivo é vacinar 90% dos públicos-alvos.  

A dose não imuniza contra a covid-19, mas ela ajuda a combater a pandemia, diminuindo as internações por influenza e auxiliando no diagnóstico do coronavírus, já que as duas doenças têm sintomas parecidos.

Quem não se vacinou contra a gripe pode se imunizar nesta quarta-feira

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *