Faixa Atual

Título

Artista


Caxias do Sul confirma mais um caso autóctone e um importado de dengue

Escrito por em maio 3, 2022

Quatorze bairros registram infecções pela doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Caxias do Sul confirma mais um caso autóctone e um importado de dengue no município. Assim, Caxias soma 15 ocorrências da doença em 2022, sendo cinco autóctones (contraídos no município) e 10 importadas (quando a pessoa contraiu a doença em outra localidade). Além disso, há 49 suspeitas aguardando confirmação.

A SMS alerta para a circulação do vírus em toda a cidade, especialmente nos bairros onde há registros da doença. Os cinco autóctones foram registrados nos bairros Santa Catarina, Centro, Centenário e Exposição (dois casos). Já os importados foram notificados nos bairros Diamantino, Jardim da Lagoa (Desvio Rizzo), Santa Fé, Bela Vista, São Caetano, Rio Branco, Floresta, De Lazzer, Cidade Nova e São Luiz da 6ª Légua.

De acordo com a Secretaria, até esta sexta-feira (29), o número de focos do mosquito transmissor chega a 609, distribuídos em todas as regiões do Município. A Vigilância Ambiental em Saúde mantém o trabalho de fiscalização, mas é fundamental que a população faça a varredura em suas residências e locais de trabalho para eliminar locais com água parada, uma vez que é nesses ambientes que o mosquito se reproduz. A Vigilância também pede que a população facilite o acesso dos agentes, que trabalham uniformizados e com crachá.

Pessoas com sintomas de dengue devem procurar atendimento médico, o que é essencial para que possíveis novos casos possam ser identificados e tratados. Os sintomas são febre, dores musculares, dor de cabeça e atrás dos olhos, diarreia, ou seja, alguns são semelhantes aos da covid-19. Podem ocorrer também erupções vermelhas na pele, vômitos e sangramentos.

Foto: Vigilância Ambiental em Saúde


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *