Faixa Atual

Título

Artista


Caxias do Sul chega a 300 casos confirmados de coronavírus

Escrito por em junho 10, 2020

Destes, 175 são recuperados. Secretaria da Saúde registra seis óbitos

Caxias do Sul chegou a 300 casos positivos de coronavírus, segundo o último boletim divulgado às 19h desta terça-feira, dia 9, pela Secretaria da Saúde. Destes, 175 são recuperados, 97 em isolamento domiciliar, 15 em enfermaria, sete em UTI e seis óbitos (cinco contraídos no município), 14 aguardando resultado e 6.194 negativos (com 2 mil testes realizados pela UFPel) para Covid-19.

Dos 300 casos confirmados, 130 são homens, entre 6 e 80 anos, e 170 mulheres, entre um e 97 anos. Nesta terça-feira foram confirmados sete homens de 16 a 66 anos e nove mulheres de 22 a 93 anos. Três são profissionais da saúde.

No total, 94 são profissionais de saúde e três profissionais da segurança.

Leitos

Ocupação SUS: 35 leitos de UTI ocupados, 71% (17 no Hospital Geral, 16 no Hospital Pompeia e 2 no Hospital Virvi Ramos).
Ocupação Privado: 48 leitos de UTI ocupados, 69% (19 na Unimed, 10 no Círculo, 6 no Saúde, 7 no Pompeia e 6 no Virvi Ramos).
Óbito suspeito: O laudo do exame do idoso de 85 anos que faleceu em 6 de junho na UPA Central atestou negativo para Covid-19.

Segundo o levantamento da SMS, a cidade tem 18 pacientes internados em tratamento intensivo e que tiveram exames positivos para a covid-19: Caxias do Sul (7), Bento Gonçalves (4), Carlos Barbosa (2), Flores da Cunha (2),  Garibaldi (2) e Veranópolis (1).

Na Serra

Mais duas mortes foram oficializadas por prefeituras da Serra Gaúcha na manhã desta quarta-feira. Os casos foram em Garibaldi e Vacaria. As duas cidades chegam a cinco óbitos pela covid-19. A região já tem 56 vítimas registradas.

A Prefeitura de Garibaldi confirmou a quinta morte decorrente de complicações do coronavírus. A vítima, uma idosa de 64 anos, estava internada na UTI do Hospital Tacchini, em Bento Gonçalves, e faleceu na noite desta terça-feira. A paciente era pneumopata (sofria de doença pulmonar prévia). Segundo a prefeitura, o caso não vinha sendo monitorado pela Vigilância Epidemiológica de Garibaldi, pois o setor não havia sido notificado sobre o mesmo.

Já em Vacaria, a Vigilância Epidemiológica confirma a morte de um idoso de 91 anos. Ele estava internado na UTI do Hospital Nossa Senhora da Oliveira, no município, e morreu por volta das 5h desta quarta-feira. Conforme a Vigilância, ele sofria de doença cardiovascular.  

Fonte: Ass.Imprensa Prefeit.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *