Faixa Atual

Título

Artista


Casal de idosos é encontrado morto em Farroupilha

Escrito por em outubro 5, 2020

Os corpos estavam dentro de um apartamento no centro da cidade na tarde de sábado. Suspeita que ele tenha matado a esposa a tiros e depois ter cometido suicídio

Eugênio Sonaglio, 88 anos, e Jacir Teresa Sonaglio, 86, viviam juntos há 65 anos. O casal foi achado pela neta, por volta das 15h30min de sábado (3), no centro de Farroupilha, quando ela chegou no apartamento dos avós para levar compras do supermercado. Os corpos estavam no quarto da moradia. A polícia suspeita que o idoso tenha matado a tiros a esposa e depois ter cometido suicídio.

Um revólver calibre 32 foi encontrado próximo aos corpos. Conforme a polícia, a neta bateu na porta e como ninguém atendeu, ela resolveu entrar, uma vez que tinha a chave reserva, e se deparou com os dois. Teresa tinha um tiro no peito e no ombro direito. Eugênio, encostado na parede, sentado, com a arma em punho, tinha um tiro no peito. A polícia apurou que o homem tinha resquícios de pólvora na mão.

A possibilidade de assalto é descartada, pois a porta estava trancada. Oficialmente, o casal não possuía histórico de violência doméstica.

Na TV

Eugênio e Jacir eram casados desde 1955, quando realizaram a união em uma cerimônia que chamou a atenção de toda a Serra Gaúcha. O casamento foi acompanhado por centenas de pessoas que foram até a Igreja Matriz de Farroupilha, em julho daquele ano. Isso por que Eugênio tinha um irmão gêmeo, Plínio Sonaglio, que no mesmo dia casou-se com Geni Trevisan, também irmã gêmea de Jacir.

O caso acabou ganhando repercussão nacional, com entrevistas do quarteto a revistas e ao apresentador Silvio Santos, no programa que levava seu nome, no quadro No Tempo da Cinderela, da antiga TV Paulista entre os anos 60.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *