Faixa Atual

Título

Artista


Câmara aprova vários projetos em última sessão ordinária de 2019

Escrito por em dezembro 17, 2019

A sessão aconteceu na noite dessa segunda-feira (16) na Câmara de Vereadores em Flores da Cunha

Passe livre para exposição das agroindústrias e artesãos do município

Na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro, Projeto de Lei nº053/2019, de autoria do Vereador Moacir Ascari (MDB), que assegura a utilização de espaço físico, sem ônus, à Associação dos Artesãos e às agroindústrias de Flores da Cunha em feiras, exposições e similares que ocorram no município de Flores da Cunha.

Fibromiálgicos terão atendimento preferencial.

Na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro, os vereadores aprovaram a Nova Redação ao Projeto de Lei Complementar nº013/2019, de autoria do Vereador Claudete Gaio Conte (PDT), que inclui, no atendimento prioritário, portadores de Fibromialgia. A fibromialgia foi reconhecida pela Câmara dos Deputados como síndrome crônica incapacitante que causa muita dor e sofrimento. O principal sintoma é dor musculoesquelética difusa e crônica. No entanto, o paciente com fibromialgia pode apresentar diversas outras alterações, como fadiga, distúrbios do sono, rigidez matinal, parestesias de extremidades, sensação subjetiva de edema e distúrbios cognitivos. Todos os sintomas são causa de incapacidades e alterações na qualidade de vida. Os avanços científicos identificaram anomalias psicológicas e sociais na fibromialgia, mas não se determinou ainda a sua etiologia, apesar de ser um problema clínico e socialmente importante. Cabe salientar que são do grupo de atendimentos preferenciais, idosos, gestantes, lactantes, pessoas com crianças de colo e pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

Revitalização da avenida 25 de Julho                    

Na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei nº054/2019, que autoriza a abertura de um crédito no valor de R$ 975.464,00 oriundos de recursos da Cessão Onerosa do Bônus de Assinatura do Pré-Sal. O recurso será utilizado para obra de reforma da Avenida 25 de Julho, acesso Sul.

Gentile Moré será homenageado com denominação de estrada.

Na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei nº055/2019, que denomina de Estrada Gentile Moré, uma via pública localizada na Capela Fulina, que inicia em frente ao Salão da Igreja da Capela Fulina, seguindo por 400 metros até confrontar-se a oeste com a Estrada Angelo Doro.

Gentile Moré

Gentile Moré nasceu em 03 de julho de 1928 na Capela Nossa Senhora da Fulina em Flores da Cunha. Descendente de uma família italiana, viveu seus primeiros anos junto a seus pais e 5 irmãos na mesma localidade, onde seguiam os costumes e tradições trazidos da Itália pelos imigrantes. Casou-se com Maria Brombatti aos 27 anos e desta união nasceram seus quatro filhos Antonieta Moré Carraro, Valdira Moré Dal Bem, Valter Moré e Volmar Moré. Gentile dedicou sua vida a agricultura cultivando uvas, milho e trigo. Na vida comunitária participou ativamente para o desenvolvimento da Capela Fulina, onde foi um dos construtores da Igreja de Nossa Senhora da Fulina e também por muitas vezes foi festeiro. Destacamos que Gentile também era responsável por tocar o sino da Igreja antes das missas e durante muito tempo ajudou no salão da Capela atendendo no bar. Gentile Moré faleceu em 27 de junho de 2011 aos 82 anos de idade deixando o legado de simplicidade, trabalho e vivencia comunitária a seus 4 filhos e 5 netos.                         

Valorização familiar

Na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro, os vereadores aprovaram o Substitutivo nº01 ao Projeto de Decreto Legislativo nº02/2019, de autoria da Vereadora Claudete Gaio Conte (PDT), que altera diretrizes do Certificado Agricultor Destaque, homenagem que é entregue anualmente pela Câmara de Vereadores. A partir de agora, nos casos em que o homenageado possuir cônjuge, este também receberá homenagem e terá seu nome incluído no certificado. Para autora, é muito importante a valorização do cônjuge, uma vez que o trabalho realizado nas propriedades é feito em família e companheiro ou companheira tem papel fundamental nas atividades da agricultura familiar.                                                    

Dezembro Verde – contra o abandono de animais

Na sessão desta segunda-feira, 16 de dezembro, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei nº056/2019, de autoria do Vereador Clodomir José Rigo (Progressistas) que institui no município de Flores da Cunha o Dezembro Verde, mês dedicado à realização de ações de conscientização sobre o abandono de animais.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *