Faixa Atual

Título

Artista


Biblioteca de Antônio Prado: Muitas histórias em cada estante

Escrito por em setembro 12, 2019

Reportagem buscou dar visibilidade ao trabalho realizado no local.

Buscando valorizar a arte do ler e entender como está a Biblioteca Municipal de Antônio Prado, a reportagem da Rádio Solaris foi até o espaço, no prédio localizado ao lado da Prefeitura, na Rua Francisco Marcantônio.

Conversamos com Fernanda Sartori Storchi, bibliotecária e uma das responsáveis pelo processo de catalogação das obras literárias. Sobre este processo, Fernanda fala que a catalogação é universal, ou seja, a mesma em todo o mundo, porém vai sendo esmiuçada de acordo com os temas que os livros tratam. O processo facilita a localização.

Além de Fernanda, a Diretora de Cultura da cidade, Viviane Visentim, também passou algumas informações importantes. A biblioteca atende de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e 13h às 17h.

Atualmente, o espaço conta com cerca de 5,8 mil obras já catalogadas. Porém, o trabalho continua, já que cerca de mil livros ainda precisam passar pelo processo.

Viviane fala que existe, atualmente, o “Projeto Leitura”, realizado pelos alunos do contraturno uma vez por semana, nos turnos da manhã e tarde. A diretora de cultura comenta ainda sobre os jovens que procuram o espaço para a realização de trabalhos.

A Feira do Livro visa despertar o interesse pela leitura também ao público infantil, durante a edição deste ano, ocorrida em Agosto, visitas a biblioteca eram realizadas. Em 2019, cada livraria que participou da feira fazia a doação de 15 livros.

Viviane Visentim conta ainda que a biblioteca recebe várias doações de livros, outros são adquiridos pela administração. Em 2018, foram comprados 280 livros, neste ano, cerca de 100 já foram adquiridos.

No local, estão armazenados também, parte do acervo histórico de Antônio Prado. São informações guardadas em caixas ou embrulhadas, contendo recorte de jornais, edições inteiras de jornais do município, entre outras informações.

No espaço de dois andares, encontra-se boa parte da história de Antônio Prado, maior patrimônio que uma pessoa, cidade ou entidade pode ter. Falar sobre a importância dos livros? Bom, Mário Quintana já dizia, “Livros não mudam o mundo, quem muda o mundo são as pessoas. Os livros só mudam as pessoas”.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *