Faixa Atual

Título

Artista


Bandeira vinho é inviabilizada pelo Ministério Publico

Escrito por em agosto 3, 2020

O Município de Antônio Prado não havia editado decreto

Na última sexta-feira (31), o comitê ampliado de combate à Covid-19 em Antônio Prado, realizou uma reunião para discutir a proposta elaborada pela Associação dos Municípios da Encosta superior do Nordeste (Amesne). Os 49 municípios que compõe a associação se mostraram favoráveis em relação à criação da Bandeira Vinho, que utilizaria protocolos intermediários entre as bandeiras laranja e vermelha.

O prefeito de Antônio Prado Juarez Santinon, em contato com a reportagem da Rádio Solaris na quarta-feira (29), disse ser favorável às mudanças no distanciamento controlado desde que os municípios tivessem a autonomia de decidir qual bandeira seguir, baseado nos critérios de saúde.
Na tarde desta segunda-feira (03) em contato com a Amesne, nos informaram que o Município de Antônio Prado não havia editado decreto para participar da bandeira vinho. Tentamos, por diversas vezes, contato com o administrador, porem não recebemos retorno.

Caso tivesse decretado, a medida teria sido inútil, pois o Ministério Público entrou com recurso obrigando os municípios a permanecer em bandeira vermelha, conforme as restrições impostas pelo governo do estado. Caso não seja cumprida a determinação, o município pode ser multado em R$ 5 mil ao dia.

A questão a esclarecer é quanto às medidas que o município devera tomar para buscar invertes a situação.


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *