Faixa Atual

Título

Artista


Auxílio Taxista e Caminhoneiro serão pagos no mês de agosto

Escrito por em julho 26, 2022

O auxílio para os caminhoneiros foi liberado após a aprovação da PEC Kamikaze, que autoriza o gasto acima do teto às vésperas das eleições

As duas primeiras parcelas do Auxílio Caminhoneiro serão pagas no dia 9 de agosto. Os R$ 2.000 depositados serão referentes aos meses de julho e agosto. Além dos caminhoneiros, a medida também beneficia taxistas e amplia o Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600 até o fim do ano.

O auxílio para os caminhoneiros foi liberado após a aprovação da PEC Kamikaze, que autoriza o gasto acima do teto às vésperas das eleições. No total, o pacote tem o custo previsto em R$ 41,25 bilhões.

O Auxílio Taxista será pago no dia 16 de agosto, os taxistas receberão duas parcelas do benefício, podendo somar até R$ 2.000 ao todo. A diferença aqui é que o valor pode variar de acordo com o número de profissionais cadastrados, já o Auxílio Brasil, em julho, segue no valor de R$ 400, de agosto a dezembro, o pagamento já será feito no valor de R$ 600, conforme a PEC aprovada.

Poderão receber o Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (BEm Caminhoneiro) os transportadores de carga autônomos cadastrados até 31 de maio no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTR-C). O cadastro precisa estar ativo, com exigência de CPF e Carteira Nacional de Habilitação válidos.

Cada transportador receberá o valor fixo, independentemente da quantidade de veículos que possuir. Todos os meses, o Ministério da Infraestrutura repassará ao Ministério do Trabalho e Previdência os dados atualizados do RNTR-C. A estimativa é de que mais de 870 mil profissionais cadastrados sejam beneficiados com o programa.

Em relação ao Auxílio Taxista, terão direito ao benefício os motoristas de táxi registrados nas prefeituras, titulares de concessões ou alvarás expedido até 31 de maio. Não será necessária qualquer ação por parte dos taxistas. Em caso de dúvidas, o motorista deve entrar em contato com a prefeitura para verificar o cadastro municipal. A prestação das informações caberá inteiramente às prefeituras (ou ao governo do Distrito Federal, no caso da capital federal).

Fonte: The News e Agência Brasil


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *