Faixa Atual

Título

Artista


Aulas devem começar sem que crianças de cinco a 11 anos estejam vacinadas contra covid

Escrito por em janeiro 6, 2022

Secretaria Estadual da Saúde informa que vacinação para essa faixa etária deve começar em 17 de janeiro

O governo do Rio Grande do Sul acredita que o ano letivo deve começar sem que se consiga imunizar com ao menos uma dose todas as crianças de cinco a 11 anos até o dia 21 de fevereiro, data que está previsto o começo do ano letivo na rede estadual.

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) prevê iniciar a campanha com os grupos prioritários, que contemplam crianças com comorbidades e deficiências permanentes, indígenas e quilombolas. Segundo a secretária Arita Bergmann a população estimada para essa faixa etária é de quase um milhão de pessoas. Dessas, acredita-se que aproximadamente 200 mil façam parte do grupo prioritário.

A vacinação deve começar de forma escalonada (avançando por idade, começando pelos 11 anos) do público não prioritário a partir de fevereiro. Nesse cenário, é pouco provável, segundo a secretária, que todas as crianças retornem às salas de aula já vacinadas com pelo menos uma dose.

A vacina pediátrica da Pfizer prevê duas doses, e o Ministério da Saúde decidiu pelo intervalo de oito semanas entre as duas injeções.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *