Faixa Atual

Título

Artista


Assassino de avó e neta em São Marcos é espancado dentro de cadeia em Caxias do Sul

Escrito por em julho 2, 2020

Leandro Daniel Hoffmann, que confessou as mortes da última sexta-feira no interior do município, é agredido dentro de cela por outros detentos na madrugada desta quinta-feira

Imagens de vídeo que estão circulando pelas redes sociais mostram Leandro Hoffmann, 31 anos, sendo espancado por outros detentos de uma cela em um presídio de Caxias do Sul. O homem confessou os assassinatos de Irene da Fonseca, 67 anos, e da neta dela Kauana Santos, 16, crime que ocorreu na última sexta-feira, em uma chácara na localidade de Linha Marechal Deodoro, interior de São Marcos. As agressões ocorreram na madrugada desta quinta-feira, dia 2.

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) informa que Hoffmann teve escoriações leves, recebeu atendimento médico e está em isolamento e depois será transferido para outra casa prisional da região. Sete apenados são suspeitos das agressões. Eles devem responder a Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD). Hoffmann estava em um setor destinado apenas a detentos que cumprem prisão temporária. A Susepe afirma ter apreendido o celular que gravou o vídeo de pouco mais de um minuto.

Prisão

Leandro Hoffmann foi preso no distrito caxiense de Vila Oliva no final da tarde de terça-feira, dia 30, cerca de 96 horas após a sequência de crimes. Ele era vizinho das vítimas e confessou ter invadido a casa armado de espingarda, atirado em Irene e Kauana, enterrado o corpo da adolescente em um riacho a 300 metros do local do duplo homicídio e voltado para incendiar a casa da família, com o corpo da idosa dentro.

À Polícia ele alegou que havia bebido naquela tarde, expulsado a esposa de casa, um galinheiro improvisado na mesma chácara, e foi até o vizinho para “tirar satisfações”.  Hoffmann disse que tinha desavenças com o pai de Kauana, que não estava na moradia e não confirmou o fato.

Foragido da justiça do Paraná desde 2015, acusado da morte de dois irmãos, Hoffmann será indiciado por duplo homicídio qualificado, ocultação de cadáver e incêndio criminoso. A Polícia Civil também aguarda perícias para determinar se o investigado estuprou a adolescente. Hoffmann nega qualquer crime sexual. 

Leandro Hoffmann

 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *