Faixa Atual

Título

Artista


Arcanjo Renegado: Marcello Melo Jr. comenta sobre importância política da série do Globoplay

Escrito por em fevereiro 13, 2020

Para o ator, produção veio para “colocar o dedo na ferida” na guerra contra o tráfico.

Arcanjo Renegado, série estrelada por Marcello Melo Jr. e Erika Januza, chegou ao Globoplay na sexta-feira (07) e fez sua estreia na Tela Quente, na Rede Globo, na noite da última segunda-feira (11). A produção acompanha a Equipe Arcanjo, a mais bem treinada, eficaz e letal do Batalhão de Operações Especiais (Bope), no Rio de Janeiro. Sob o comando do primeiro-sargento Mikhael (Melo Jr.), o grupo é respeitado dentro da corporação e temido pelos bandidos.

Ao mesmo tempo, a série também mostra o lado político, com governadores e debutados tentando “puxar as cordinhas” na guerra contra o tráfico de drogas e de armas. Para Marcello Melo Jr., Arcanjo Renegado expõe que “a deficiência maior é política, são interesses pessoais de hierarquias, que tem o falso poder de mandar. Eles enviam seres humanos para fazer o trabalho sujo de uma coisa que eles nem chegam perto. É mais uma questão de cidadania, de humanidade”, disse o ator .

Em seu primeiro protagonismo nas telas, Melo Jr., que foi criado no Vidigal, comentou como foi entrar na pele de Mikhael. “Eu, por ser negro e de comunidade, ao fazer um policial, percebo que são seres humanos que estão tentando se entender dentro dessa sociedade tão confusa e de um país tão abandonado pelos nossos superiores”, afirmou. “Vi que a realidade da polícia é um fardo muito pesado. Mas a polícia usa farda, ela tem uma proteção. O negro não.

O negro ‘usa’ uma cor que o desprotege. Ao mesmo tempo, acho que estamos num momento bem bacana, de podermos nos mostrar, nos colocarmos, porque também têm policiais negros. Existe uma questão muito mais profunda do que realmente ser pela ‘cor’, acho que não é pela cor, é pela ignorância das pessoas. [Os negros] poderiam ser tratados com um pouco mais de amor, respeito e educação. Mas isso vem de cada um, com a arte conseguimos transformar isso. A série está me trazendo para um lugar de colocação diferente do que eu tinha antes, e ao mesmo tempo parece uma nova etapa desse diálogo, dessa conversa”.

Foto: Internet

Fonte: AdoroCinema


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *