Faixa Atual

Título

Artista


Após vencimento de contratos, Daer desativa pardais na Serra Gaúcha

Escrito por em julho 18, 2019

Processo de desativação iniciou nesta quinta-feira, dia 18, os equipamentos serão desligados e as empresas iniciarão os trabalhos de remoção

A Secretaria de Logística e Transportes do Estado e o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) comunicaram em nota na manhã desta quinta-feira, dia 18, que devido o vencimento do prazo contratual, dois lotes de pardais nas rodovias do Rio Grande do Sul serão desativados. Os contratos vigentes encerram nesta quinta-feira, dia 18 e 21 de julho. A partir dessas datas, os equipamentos serão desligados e as empresas iniciarão os trabalhos de remoção. 

Atualmente, o custo anual do DAER com a operação dos pardais é da ordem de R$ 4 milhões.

Dentre esses lotes, vários pardais estão localizados na Serra Gaúcha.

Ainda segundo a nota, o lote que expirou a partir da meia-noite fiscalizava 68 faixas. Na madrugada do próximo sábado, dia 20, para domingo, outras 25 faixas de rodovias também terão seus equipamentos desligados.

Alguns pontos críticos, onde acontecem acidentes graves ficarão sem o monitoramento como o km 47 da ERS-122, trecho conhecido como a curva da morte, entre Farroupilha e São Vendelino. Outro trecho bastante utilizado por moradores da Serra é a Rota do Sol entre Caxias do Sul e São Francisco de Paula que também terá a desativação dos equipamentos de fiscalização eletrônica.

O governo do Estado, porém, garante que está cumprindo os trâmites para que os novos contratos sejam licitados e assinados o quanto antes. No momento, o edital está prestes a ser encaminhado para publicação pela Central de Licitações, a Celic. Os processos são públicos e seguem um rito ordinário para atendimento à legislação. Uma vez firmados, os contratos poderão ser renovados até o limite de 60 meses. Os novos equipamentos contarão com a tecnologia OCR, que permite a leitura automática das placas por meio de fotos dos veículos. Com isso, será possível identificar, por exemplo, automóveis roubados e com licenciamento vencido.

Os equipamentos desativados na região:

ERS-122

  • Farroupilha: km 47
  • Caxias do Sul: km 67
  • São Sebastião do Caí: km 18
  • Bom Princípio: km 28
  • Casca: km 252

RSC-453

  • Farroupilha: km 109
  • Caxias do Sul: km 167
  • Carlos Barbosa: km 86
  • São Francisco de Paula: km 230
  • Lajeado Grande: km 210
No ano de 2018, os pardais fiscalizaram quase 171 milhões de veículos, sendo geradas 232.033 autuações no mesmo período

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *