Faixa Atual

Título

Artista


Após piora nos indicadores da Covid-19, cidades da Serra Gaúcha tem intensificação na fiscalização

Escrito por em dezembro 7, 2020

Equipes buscam coibir aglomerações e garantir que as medidas sejam cumpridas

Durante os últimos dias, o setor de fiscalização das prefeituras na região da Serra Gaúcha tem reforçado a passagem pelos estabelecimentos comerciais e casas de evento visando garantir que as medidas de segurança contra a disseminação do coronavírus sejam cumpridas.

Em Caxias do Sul, na sexta-feira (4), a Secretaria Municipal de Urbanismo, em parceria com a Brigada Militar, realizou ações de fiscalização em bares, pubs e casas noturnas. Conforme informações, em oito horas, 10 pessoas foram notificadas por não estarem seguindo o protocolo de utilização da máscara e nove por consumo de bebida alcoólica em via pública.

Em Vacaria, o Departamento de Fiscalização Municipal, em conjunto com a Guarda Municipal, intensificaram a fiscalização em locais públicos, buscando orientar cidadãos que estavam sem máscara.

O decreto foi publicado na quarta-feira (3) e define multa para quem circular nas ruas da cidade fora dos horários permitidos. Ainda na quarta-feira, em regime de urgência, os vereadores aprovaram projeto que estabelece obrigatoriedade do uso de máscara e a multa de R$ 199,52 para o não uso.

Na primeira abordagem é feita a orientação para o uso da máscara, também é oferecido gratuitamente uma máscara para quem não tem. E se mesmo assim a pessoa se recusar a utilizar, aí sim a pessoa será multada, como estabelece a lei.

A Fiscalização também será intensa quanto ao “Toque de Recolher” que, conforme o decreto, determina que os munícipes não circulem em vias públicas sem justificativa considerável entre as 22h e 6h. Podendo o cidadão ser multado caso não justifique o descumprimento da medida.

Em Antônio Prado, conforme informações do setor de fiscalização, foi feita a visita aos estabelecimentos na sexta-feira (4), em bares e restaurantes, onde nenhuma irregularidade foi constatada.

A equipe atua também quando há denúncias, porém elas precisam ser comprovadas por meio de foto, por exemplo. A fiscalização atua em locais onde há alvará, nos demais, somente a Brigada Militar pode autuar, por meio de denúncias.

Fonte: Grupo Solaris – Repórter Luiz Augusto Filipini


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *