Faixa Atual

Título

Artista


Após 30 dias, UTIs voltam a operar abaixo dos 100% de ocupação no RS

Escrito por em abril 1, 2021

Apesar da queda dos indicadores estaduais, as Unidades de Terapia Intensiva do SUS de Caxias do Sul seguem acima do limite da capacidade de atendimento, com 107% de ocupação

Após passar quase todo o mês de março com sobrecarga, as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) voltaram a operar, nesta quinta-feira (1°), abaixo dos 100% de ocupação no Rio Grande do Sul. Conforme a Secretaria Estadual da Saúde (SES), às 17h o índice atingiu 99,6% de lotação, com 3.373 pacientes para 3.387 vagas.

Do total de pessoas em tratamento de alta complexidade, 2.605 (77,3%) estão relacionadas ao coronavírus, enquanto 778 (28,8) estão internadas em estado grave devido a outros problemas de saúde.

As UTIs da rede privada seguem sendo a com maior sobrecarga. Nesta tarde (1°), a taxa de ocupação é de 119,3%, enquanto que a rede pública registra lotação de 91,9%. A fila de pacientes à espera de transferência para leitos de UTI também recuou, passando de 671 pessoas no dia 17 de março para 315, o que corresponde a redução de 53,05%.

UTIs de Caxias do Sul seguem com superlotação

De acordo com as Secretaria Estadual de Saúde (SES), por volta das 15h desta quinta, a ocupação de leitos de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) de Caxias do Sul estava em 107,4% de lotação. Já os leitos de hospitais privados estava com 93,2% de ocupação. A lista de pacientes que aguardam por uma vaga inclui residentes de outros municípios que dependem dos hospitais de Caxias para atendimento de tratamento intensivo.

A Prefeitura Municipal já contabilizou 39.296 casos positivos para coronavírus. Destes, 34.958 são de pessoas que estão recuperadas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, 3.295 caxienses seguem em isolamento domiciliar. Outras 182 estão em enfermaria e 140 em UTI. O município já registrou 721 óbitos em decorrência do vírus desde o início da pandemia.


Opnião dos Leitores

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *